Qual a importância do uso consciente da tecnologia para as crianças e adolescentes?

Por Alessandra Dalonso

Num mundo onde a tecnologia está presente em todos os cantos e permeia o universo da descoberta; um dos maiores legados que podemos deixar para nossos filhos é estar preparado para absorver esses conhecimentos e desenvolver habilidades e áreas de interesse que com certeza serão determinantes para o seu futuro pessoal e profissional.

Se temos a consciência e a certeza de que só se é criança uma vez na vida, então porque não aproveitar e garantir essa fase onde estão mais suscetíveis a ampliar seus conhecimentos e desenvoltura para o brincar, para também criar hábitos saudáveis no mundo digital?

Não é nenhuma surpresa ou novidade dizer que uma criança têm muita facilidade para dominar novas tecnologias e explorar possibilidades. Basta observá-las fazendo uso dos meios digitais existentes.

Estas crianças estão em fase de crescimento e também do desenvolvimento da personalidade e aptidões individuais. Ao mesmo tempo estão conhecendo o mundo e as ferramentas digitais que fazem parte do nosso dia a dia. Por isso se torna tão essencial prestar atenção nos hábitos que elas manifestam e estabelecem para que estes sejam positivos, e imprimam bons resultados futuros.

Quem nunca ouviu dizer que nos dias de hoje as crianças parecem já terem nascido sabendo fazer uso da tecnologia como: tablets, smartphones, computadores e videogames? Sim, de fato essa nova geração tem muita facilidade com o mundo digital e dominam as novas tecnologias, porém, é necessário que além de apenas utilizarem essas ferramentas, as crianças também explorem as possibilidades desse novo mundo em que é possível criar, desenvolver habilidades pessoais, ajudar a sociedade e uma infinidade de outros caminhos a serem descobertos.

De uma maneira muito prática, nesta fase a criança tem muita facilidade em absorver novas informações que ajudam no aprendizado e no domínio de novas tecnologias. Se por um lado, elas podem se tornar apenas consumidoras digitais, por outro elas podem desenvolver a sua própria tecnologia e novos conceitos; se divertindo e aprendendo.

A maioria das pessoas ainda tem uma visão de que programação e robótica são conhecimentos difíceis de serem tratados e assimilados, mas ao contrário disso as crianças podem aprender os conceitos ainda pequenos e começar a criar seus próprios jogos, aplicativos, drones e construir um mundo repleto de possibilidades.

As crianças e adolescentes devem aproveitar essa relação com as novas tecnologias para se transformarem nos novos criadores. Além disso, esse aprendizado ajuda no aprimoramento ou desenvolvimento de habilidades e facilidades em aprender coisas novas como por exemplo, uma nova língua, a melhora no raciocínio lógico e organização das ideias, auxilia na criatividade e o trabalho em equipe. Com certeza, esse conhecimento vai ajudá-las ingressar no mercado de trabalho e construir uma carreira de sucesso.

Para comprovar isso vemos ao redor do mundo vários países investindo no ensino de programação e disciplinas tecnológicas ainda na fase escolar devido a importância já percebida de levar essa informação de forma estruturada e sólida, para que assim criem competências digitais que são essenciais para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, edificante e consciente.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.