A Arteris, empresa que detém a concessão da Rodovia Fernão Dias, entre Contagem e Guarulhos, divulgou que houve uma diminuição de 39% do de vítimas fatais na referida rodovia no primeiro trimestre de 2018.

Nos primeiros três meses de 2018, a redução no número de acidentes foi de aproximadamente 1,1% em comparação com 2017. Se os dados forem confrontados com 2015, a redução segundo a Arteris é ainda maior, e chega a 14%. De lá para cá, deixaram de acontecer 332 acidentes. Ou seja, os índices passaram de 2.278 para 1.946 acidentes, este ano.

No trecho entre Brumadinho e Contagem, por exemplo, a queda no total de acidentes foi de 14%.  Já no trecho paulista da Fernão Dias, entre Vargem e Guarulhos, o número de vítimas fatais passou de 12 para três, redução de 75%.

Na região de Bragança Paulista, segundo a empresa, neste período, os acidentes reduziram 24,4%, caindo de 45, no primeiro de trimestre de 2017, para 34, no mesmo período de 2018.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A empresa informa que tem o compromisso de reduzir pela metade o número de óbitos na rodovia até 2020.

Durante o primeiro trimestre deste ano, a concessionária registrou queda de 39% no número de vítimas fatais, em comparação com o mesmo período do ano anterior. De janeiro a março de 2017 foram 43 óbitos, já em 2018 o número reduziu para 26. Os dados reforçam a tendência de redução já verificada nos anos anteriores. Quando os registros são comparados com 2015, a queda chega a 50%.

“A redução de vítimas fatais na Fernão Dias é o resultado de ações permanentes de educação no trânsito e soluções de engenharia com foco na segurança viária. Foram 17 vidas salvas nos primeiros três meses de 2018, prova de que estamos no rumo certo. “, afirma Helvécio Tamm de Lima, diretor superintendente da concessionária.

A concessionária informa que investe constantemente em obras de melhorias e infraestrutura para garantir a fluidez no trânsito e a segurança dos usuários e que isto também contribui para a queda do número de ocorrências e gravidade dos acidentes.

Ainda segundo a Arteris, houve também em todo o trecho da estrada redução de 9% no total de feridos em acidentes.

Deixe uma resposta