ACOHAB famílias que querem se cadastrar

A Associação Comunitária de Habitação Popular de Bragança Paulista (Acohab) realiza no domingo, 2, reunião para famílias que querem se associar.

A reunião acontece na Rua Felipe Morales, 219, no Jardim da Fraternidade, na sede da entidade.

O presidente da Acohab Bruno Leme ressalta que durante a reunião será explicado à todos os interessados, como funciona a entidade, bem como será feito o cadastramento de novos associados.

Ele deixa claro, que a entidade, não está fazendo inscrições para casas populares. A ideia é cadastrar novos associados,  que se decidirem se associar, pagarão suas mensalidades e participarão de atividades mensais de mobilização social.

Segundo ele, para se associar à Acohab é obrigatório participar desta reunião.

168 Apartamentos

Bruno Leme, explicou que depois da construção de 168 apartamentos pela Acohab e Raios de Sol, muita gente tem procurado a entidade em busca de informações sobre moradia e que muita gente confunde a Acohab com a Secretaria Municipal de Habitação.

Bruno ressalta que um dos requisitos legais para que o beneficiado receba a moradia é justamente que participe das reuniões de mobilização social. Os beneficiados com os 168 apartamentos, por exemplo, participaram de reuniões durante 7 anos.

Bruno Leme afirma ainda que se o interessado acha que vai se associar e aguardar a casa a Acohab não é lugar para ele.  “Se a ideia do participante é fazer uma inscrição e aguardar sorteio, não é assim que atuamos. Esse tipo de atendimento, por sorteio, é feito pelo poder público, através do cadastro habitacional.

Além dos 168 apartamentos que serão entregues ainda em fevereiro, Bruno Leme, acrescenta que a ACOHAB já tem projeto para construção de um novo empreendimento, com 560 unidades, que será denominado Condomínio Renato Russo & Elis Regina.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (11) 40313670 ou na página da Acohab no facebook: https://www.facebook.com/acohab/, onde há uma série de perguntas e repostas sobre as dúvidas mais comuns sobre o assunto.

Deixe uma resposta