Parte dos motoristas da empresa Nossa Senhora de Fátima Auto Ônibus, cruzaram os braços na manhã desta segunda-feira, dia 13.

A paralisação durou até por volta das 14h30.

Os motoristas reivindicam o pagamento em dia dos salários, que segundo eles, têm atrasado constantemente com isto os prejudicando com o pagamento de juros e multas de contas do dia a dia.

O Sindicato dos Motoristas, acompanhou a paralisação. Segundo o presidente do sindicato José Martins, a empresa cerca de 35% da frota trabalhou normalmente durante o movimento.

A primeira proposta da empresa, segundo ele, foi efetuar o pagamento dos funcionários, aos poucos. A cada dia, 20 motoristas receberiam o salário. A proposta foi recusada.

Após negociações, a empresa se comprometeu a efetuar o pagamento do salário na quarta-feira, dia 15. A proposta foi aceita e os motoristas aguardam ansiosos o pagamento.

Caso o prazo não seja cumprido, outra manifestação e paralisação pode ocorrer.