Foto: Ana Maria de Oliveira

Gustavo Ramon Moreira da Costa, de 28 anos, levou um tiro na região torácica na manhã desta terça-feira, 4, em Bragança Paulista. Ele levou um tiro após partir para cima de um policial civil da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Ele já tinha várias passagens pela polícia e saiu da cadeia há aproximadamente dois meses.

Em entrevista ao Jornal Bragança Em Pauta, o delegado titular da DIG, José Glauco Silveira Lobo Ferreira (foto), disse que tudo aconteceu quando os policiais cumpriam um mandado de prisão temporária, no Bairro Cidade Planejada.

O rapaz é acusado de cometer um roubo no Jardim Julieta Cristina, em Bragança Paulista e segundo o delegado, estava na residência junto com a mulher quando a polícia chegou.

Os policiais o levavam para viatura quando Gustavo conseguiu se livrar da algema e inesperadamente partiu para cima de um policial civil, na tentativa de agredi-lo e fugir.

Outros policiais ordenaram que ele parasse, no entanto, o rapaz não obedeceu. A princípio um policial deu um tiro para cima para que o acusado parasse a agressão, mas incontrolável ele continuou. Foi então que foi atingido com um tiro na região torácica.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e o acusado encaminhado para o Hospital Universitário, onde permaneceu sob escolta policial.  O policial agredido sofreu ferimentos leves no queixo e no braço.

A ocorrência foi registrada na DIG. Além de roubo, segundo o delegado, Gustavo agora também  deve responder por resistência.

O roubo

O rapaz é acusado de cometer um roubo na tarde do dia 23 de maio. A vítima foi amarrada e trancada no banheiro durante o roubo que aconteceu em uma chácara, na Rodovia Benevenuto Moretto, que liga Bragança Paulista à Tuiuti.

A polícia continua investigando o caso para prender os outros dois suspeitos.

Leia+ https://bragancaempauta.com.br/vitima-e-amarrada-no-banheiro-durante-roubo-em-braganca-paulista/

Durante o roubo, os ladrões vasculharam toda a casa e roubaram R$ 2 mil em dinheiro, bem como um celular. Além disso, roubaram também uma jaqueta de couro, um capacete, dois relógios e  roupas diversas.

Na oportunidade os ladrões permaneceram na chácara por cerca de uma hora. Na fuga, os assaltantes usaram a caminhonete VW/Amarok, prata, placas HFO-0901/BP da vítima.

Em três dias´aliás, este é o segundo caso de confronto entre acusados de crime e a polícia. No sábado, 1, um homem morreu após atirar contra a Polícia Militar. Relembre: https://bragancaempauta.com.br/homem-agride-mulher-e-morre-em-troca-de-tiros-com-a-pm/

Para ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista e região acesse:

 

 

Deixe uma resposta