Arma

A Guarda Civil Municipal deteve um homem na manhã de quarta-feira,  26, portando um revólver de calibre 38. O caso aconteceu no Bairro Cidade Planejada II, em Bragança Paulista. O homem alegou que a arma era para sua defesa pessoal.

Os guardas estavam em patrulhamento quando se depararam com dois indivíduos em uma moto. Como o garupa estava sem capacete, os guardas decidiram abordá-los.

Durante a revista pessoal nada de ilícito foi encontrado com o garupa, de 15 ano, bem como nada irregular havia com o motociclista, um homem de  72 anos.

Os guardas vistoriaram então a motocicleta, uma Honda/C100 Biz, preta. Foi então que localizaram no compartimento embaixo do banco 1 revólver calibre 38.

A arma estava com cinco munições, acondicionada em um coldre com mais três munições.

Questionados sobre a arma, o homem alegou que ela pertencia ao seu pai, já falecido. Disse ainda que não possuia documentação da mesma e que a usava para sua defesa.

Ele relatou ainda que apenas deu uma carona para o adolescente.

Diante dos fatos, ele detido e conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil. Lá foi  autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e liberado após o pagamento de fiança.

De acordo com o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, a motocicleta, que estava com a documentação atrasada, foi recolhida ao guincho.

Deixe uma resposta