Ano Novo problema velho com chuvas

Atualizada dia 04/01/2019 às 22h18

Apesar do ano ser novo, os problemas são velhos em Bragança Paulista.  Na noite desta sexta-feira, 4,  as enchentes e alagamentos voltaram assombrar o bragantino.  Diversos pontos da cidade sofreram com a forte chuva.

A Defesa Civil do Estado de São Paulo chegou enviar mensagens por celular para moradores. O SMS foi enviado às 20h44. Na mensagem o alerta era de chuva forte em Bragança e Atibaia. Além disso a orientação era para que os moradores buscassem abrigo e evitassem as áreas abertas.

Um dos locais onde a água subiu aliás,  foi na Avenida Tupy onde a Prefeitura pretende abrir uma rua no prédio recém desapropriado da Empresa Nossa Senhora de Fátima. O trecho da rua, em frente à agência da Caixa Econômica, mais uma vez foi tomada pela água.

Na Rua da Boa Vontade, onde fica a Cervejaria Bragantina também encheu, assim como na Avenida José Gomes da Rocha Leal, em frente à antiga Estância. Aliás, na José Gomes também encheu em frente à loja Lo Sardo.

Na Rua Jerônimo Martim Carreteiro onde a Prefeitura chegou inclusive a trocar tubulação nada resolveu. A via novamente ficou tomada pela água da chuva.

A Defesa Civil e a Guarda Civil Municipal foram acionadas e interditaram o trânsito nos pontos alagados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Na Vila Malva, novamente moradores viram a água invadir suas casas.

A última forte chuva registrada em Bragança Paulista aconteceu no dia 25 de novembro e deixou a região do Lavapés totalmente tomada pela água.

Na época, o prefeito Jesus Chedid chegou tentar amenizar a situação. Ele disse na época, que com as limpezas que a Prefeitura tinha feito, a Vila Malva, por exemplo, não tinha sido afetada. Deste vez, no entanto a água invadiu pelo menos três casas.