O clima das eleições municipais continua esquentando.

Bragança Paulista tem quatro candidatos a prefeito escolhidos em convenção, mas apenas dois deles estão registrados até este domingo, dia 14, no Tribunal Superior Eleitoral: Jesus Chedid (DEM) e Renan Oliveira (PSOL).

Em ambos os casos, o registro das candidaturas está aguardando julgamento.

Os partidos tem até as 19h desta segunda-feira, dia 15, para registrar os candidatos escolhidos em convenção. Devem ser registrados então Bruno Leme (PT) e Gustavo Sartori (PSB).

Com relação aos vereadores, já estão cadastrados junto à Justiça Eleitoral 115 candidatos, todos também aguardando julgamento do registro da candidatura.

De acordo com o calendário das Eleições 2016, a partir desta terça-feira, dia 16,  será permitida a propaganda eleitoral.

A partir desta data, os candidatos, os partidos ou as coligações podem fazer funcionar, das 8 às 22 horas, alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos.

Também será permitido a partir de então, a realização de comícios e propaganda eleitoral na Internet. Vale lembrar, que é proibida qualquer tipo de propaganda paga na internet.

Também a partir de terça-feira, dia 16, os candidatos podem distribuir  material gráfico, realizar caminhada, carreata ou passeata.

JANGO DEIXA PSDB

Depois de abrir mão de se candidatar  a qualquer cargo e ver por 20 votos a 13, o PSDB de Bragança Paulista optar por apoiar o Grupo Chedid, o ex-prefeito João Afonso Sólis (Jango) decidiu abandonar o partido que estava filiado há 16 anos.

Jango fez o anúncio na sexta-feira, dia 12, em sua página no facebook, através de um vídeo. Segundo ele, cerca de 50 pessoas o acompanham e também se desfiliarão do partido, entre eles algumas pessoas que desistiram inclusive de se candidatar a vereador.

O ex-prefeito disse ainda que manterá o apoio e compromisso com aqueles candidatos do PSDB, que diante da impossibilidade de mudar de partido para participar das eleições, optaram por ficar.

Ressaltou entretanto, que não dava para se juntar ao grupo que por cerca de 8 anos o criticou enquanto ele esteve à frente da Prefeitura de Bragança Paulista e que se reunirá novamente com seus companheiros que deixaram o PSDB, a fim de decidirem juntos que rumo tomarão nas eleições: se apoiarão Gustavo Sartori ou se ficarão neutros na disputa.

Disse ainda que só optará por se filiar em um partido após o período eleitoral.

A decisão de Jango só confirma o racha que existe no partido desde 2010. Apesar do Democratas, conquistar a legenda, o partido ficou totalmente enfraquecido.

EDMIR CHEDID É DENUNCIADO MAIS UMA VEZ

13567049_1040792392678143_616864144172102390_nEnquanto o clima das eleições continua esquentando, o deputado Edmir Chedid parece ser o alvo da vez. Pela terceira vez ele é denunciado pela grande mídia por causa de irregularidades na contratação de funcionários.

As duas primeiras denúncias aconteceram em julho e foram feitas pelo jornal O Estado de São Paulo.

 

Agora a denúncia foi feita na Rede Globo, no Bom Dia São Paulo. No vídeo são citadas quatro funcionárias que ao invés de atuar na Assembléia Legislativa, foram flagradas diversos dias na Morada das Pedras e consideradas, portanto, funcionárias fantasmas.

Confira a reportagem: https://globoplay.globo.com/v/5232736/?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar