Bastidores Em Pauta implora: salvem nossos idosos!

Na coluna da semana passada, falamos dos danos causados pelas falhas e ruídos na comunicação sobre a pandemia no Brasil e a cada dia isto fica pior em Bragança e região.

Nesta semana, tentamos entender (ou não?) o tom do laranja!

Afinal, em que fase Bragança Paulista a região está no Plano São Paulo de retomada? Laranja? Amarela? Ou liberou geral?

OCUPAÇÃO DE UTI DO SUS

Durante a semana a ocupação dos leitos de UTI do SUS chegou a 93%. Só baixou porque pacientes infelizmente vieram a óbito. Os leitos são regionais. Bragança e Atibaia ocupam a maior parte dos 33 disponibilizados.

Mesmo assim as duas cidades insistem em criar suas próprias regras e manter aberto estabelecimentos e serviços a contra gosto do Estado e do Plano São Paulo. O Governo do Estado é claro: municípios devem seguir o Plano São Paulo.

Com tanta decisão desencontrada o cidadão se pergunta: quem devemos seguir?

As orientações do Estado que recomenda cautela e os prefeitos que mesmo com os casos e mortes aumentando mandam abrir quase tudo. Liberou geral mesmo sem vacina?

A sensação que temos é que ao invés de se discutir políticas públicas que garantam renda básica e pagamento, por exemplo, de água, luz e aluguel para aqueles que estão com seus comércios fechados é mais fácil ir locando mais e mais leitos de UTI por R$1.800 dia e ir esticando a corda até quando houver vagas.

Lamenta-se os óbitos e conquista-se o eleitor que desesperado por manter sua renda coloca em risco sua vida e de sua família.

PLANO SP X PLANO BRAGANÇA – QUE LARANJA É ESSE?

Plano SP Laranja – Igreja não pode (só poderia nas Fases Azul e Verde)

Plano Bragança Laranja– Igreja pode

Plano SP Laranja – Shopping pode funcionar com horário reduzido e sem praça de alimentação

Plano Bragança Laranja – Shopping pode funcionar das 11h às 21h e com praça de alimentação

Plano SP – Comércios podem funcionar ou 4 horas diárias por 6 dias da semana ou 6 horas diárias, por 4 dias da semana

Plano Bragança Laranja – Comércios podem funcionar de segunda a sexta, das 9h às 17h

Plano SP Laranja – Clubes, pesqueiros e similares não podem funcionar

Plano Bragança Laranja – Clubes, pesqueiros e similares podem funcionar

Nós não somos daltônicos, mas este Laranja do Governo do Estado está bem mais forte que o Laranja Bragantino!

JORNALISTAS QUE AJUDAM A COLETIVA SUMIRAM

Até o dia 10 de julho, todos jornalistas da cidade previamente cadastrados podiam fazer perguntas para a secretária municipal de Saúde, Marina de Fátima Oliveira. Os profissionais enviavam os questionamentos em um grupo do WhatsApp até o horário da coletiva as perguntas eram lidas posteriormente, no final da coletiva.

Na época, tanto Marina quanto Veridiana Sanchez, secretária municipal de Comunicação enalteciam os jornalistas: “Vamos as perguntas dos jornalistas que nos ajudam a passar as informações corretas”, bradava uma voz nas Lives da Prefeitura.

Foi então no dia 14, que misteriosamente, as mensagens sobre o envio de perguntas não foram mais enviadas e nenhum outro canal foi aberto, para que perguntas fossem realizadas nas duas “coletivas” semanais, que agora, passaram a ser um pronunciamento. Resta saber, por quê? Os jornalistas não “ajudam” mais?

SECRETÁRIO DEU O CANO

Pegou mal na última sexta-feira a “furada” do secretário municipal de Governo e de Desenvolvimento Econômico, Marcos Tasca com o programa Em Pauta Entrevista.

Tasca havia combinado pessoalmente sua participação e confirmado a entrevista, após o pronunciamento do governador Joao Doria, com a reclassificação das Fases do Plano SP. Inclusive, o programa Em Pauta Entrevista mudou de horário, justamente por isto. O novo horário foi divulgado previamente, a arte de divulgação também, inclusive com a foto do secretário Tasca e os internautas aguardavam sua participação, para comentar simplesmente sobre a reabertura do comércio em Bragança Paulista. E aos 45 do segundo tempo, o secretário desistiu (ou desistiram?) da entrevista e pediu que sua assessoria alega-se um problema na agenda.

HORAS DE ESPERA EM BUSCA DE UMA REGULAMENTAÇÃO DAS REGRAS

Não bastasse o secretário Tasca sumir da entrevista, quem também sumiu por mais de 6 horas foi a assessoria da Prefeitura. O Governo do Estado anunciou que Bragança estava na Fase Laranja e até às 20h15, os comerciantes não sabiam se iriam trabalhar no dia seguinte ou somente na segunda-feira.

Outras Prefeituras já tinham deixado isto pronto no dia anterior, como é o caso de Jundiaí e Itatiba. Quando o governador anunciou a Fase Laranja, as regras municipais já estavam prontas. O que custa se planejar? A dica do Bastidores Em Pauta pro Comitê do Coronavírus de Bragança é que um dia, iremos para a Fase Amarela, que tal já deixar rascunhado algo pra que não tenha tanta demora. Mas algo sem jeitinhos né.

Aliás, fica uma pergunta no ar, cadê o decreto?

 OLHA O EXEMPLO, PRÉ-CANDIDATO – PARTE 2

Na última semana, falamos sobre o pré-candidato à prefeito, Gustavo Sartori, que postou uma foto em academia justamente no dia que estava proibido frequentar academias na cidade. Como dissemos, sem entrar no mérito da discussão sobre as academias, exemplos são necessários, principalmente se tratando de figuras públicas.

E nesta semana quem faltou com o exemplo foi o pré-candidato a vereador Bruno Sucesso. Ele, que pretende ser um legislador de nossa cidade, resolveu descumprir a legislação municipal que proíbe o funcionamento de salões de beleza.

Por meio do WhatsApp de sua empresa, anunciava: “Estamos atendendo de segunda a sábado… com as portas fechadas”.

Ora pré-candidato, é preciso no mínimo dar o exemplo cumprindo as regras municipais, para se colocar em condição de um dia ser o autor das legislações.

Se tantos outros salões estão fechados e os proprietários passando dificuldades, porque o do senhor é diferente? A lei não é para todos?

A Vigilância Sanitária esteve no local e atuou o estabelecimento.

Por hoje é só, mas semana que vem, tem mais Bastidores Em Pauta

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

 

Deixe uma resposta