Skip to content

Bom Jesus passa a atender exclusivamente síndromes gripais

Bom Jesus passa a atender exclusivamente síndromes gripais

Na manhã desta quarta-feira, 15, a secretária de Saúde de Bragança Paulista Marina de Fátima Oliveira ressaltou que a partir do dia 22, Unidade de Pronto Atendimento Bom Jesus passa a atender exclusivamente síndromes gripais

Atualmente os atendimentos são realizados tanto nas unidades de saúde como também na UPA da Vila Davi. A ideia é concentrar os atendimentos de casos suspeitos de COVID-19 em um só lugar e deixar as outras unidades livres para os outros atendimentos de rotina.  A medida, no entanto, será válida a partir do dia 22 para que os ajustes necessários no local sejam feitos.

VEJA TAMBÉM

Número de casos de COVID-19 em Bragança Paulista e região
Confira os bairros em Bragança Paulista onde há casos de COVID-19

Vale lembrar que a partir da próxima segunda-feira, 20, Bragança Paulista contará também com um Hospital de Campanha na Santa Casa, com 30 leitos. Este hospital no entanto, não será de “portas abertas”, ou seja, o paciente só vai para lá se for redirecionado por outro serviço médico.

Durante seu pronunciamento de hoje, Marina de Fátima Oliveira anunciou que mais dois resultados de exames ficaram prontos. Foi descartado, segundo ela, casos suspeitos em uma mulher de 51 anos e um garoto de 14 anos.

Bragança Paulista tem, portanto, 127 notificações, 41 casos descartados e 45 confirmados. Além disso, 41 casos seguem em investigação.

OS CASOS CONFIRMADOS

Dos 45 casos confirmados, 22 pacientes são mulheres e 23 são homens. Quatro estão internados em leitos de UTI,  três em leitos de enfermaria, seis morreram e o restante está em isolamento domiciliar, sendo que 14 já são considerados curados.

Na Santa Casa há dois pacientes positivos para COVID-19 na UTI, sendo um homem de 79 anos e uma mulher de 73 anos.  Uma mulher de 68 segue internada no local com suspeita da doença.

Já no HUSF há na UTI um homem de 78 anos positivo para COVID-19 e no Hospital Bragantino uma mulher de 66 também positiva. Um paciente de Bragança Paulista de 43 anos, segue internado com suspeita da doença no Hospital Novo de Atibaia.

Perfil dos pacientes positivos
Treze pacientes são idosos, com mais de 60 anos, os outros trinta e dois, portanto, tem menos que isto. O paciente mais novo com confirmação da doença é um rapaz, de 26 anos. O paciente mais idoso, aliás, tem 80 anos e já é considerado curado.

Com base na analise do perfil dos casos confirmados de coronavírus, divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, aliás, levantamos que as mulheres cujos exames deram positivos têm 27, 29, 30, 34, 35, 36, 38, 40, 41, 44, 47, 51, 52, 55, 56, 58, 65, 73, 75, 78 anos. Além disso, mais duas têm 66 anos.

Além disso, três dos homens têm 33 anos e mais três deles têm 36 anos. Outros dois têm 50 e mais dois 63 anos. Há também pacientes do sexo masculino com 26, 29, 42, 45, 46, 47 51, 62, 65, 70, 75, 78 e 80 anos.

MORTES

Dentro dos 45 casos confirmados Bragança Paulista tem 6 mortes confirmadas por causa do coronavírus. Cinco vítimas são mulheres e tinham 35, 44, 52, 66 e 75 anos. Um paciente é homem e tinha 63 anos. Ou seja, metade das mortes é de pacientes com mais de 60 anos.

Além das seis mortes confirmadas há também quatro mortes ainda em investigação. A primeira morte, aliás,  aconteceu no dia 20 de março e a vitima foi um idoso de 75 anos. Além disso são investigadas as mortes de um homem de 60 anos e outro de 69, além da morte de uma mulher de 61 anos.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região acesse:https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias pelo celular acesse: https://chat.whatsapp.com/BEtf6hqh9CW4JeRGa16MO3

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados