Skip to content

Bragança cogita relaxamento da quarentena e isolamento social diminui

isolamento social diminui

Um dia após Bragança Paulista  solicitar o relaxamento da quarentena ao Governo do Estado, o indicie de isolamento no município caiu para 42%. O índice registrado na sexta-feira, 8, é a menor taxa de isolamento desde o início da quarentena.

Vale lembrar que, por enquanto a solicitação de relaxamento NÃO FOI ATENDIDA pelo Governo do Estado. Ao contrário, Bragança Paulista, assim como os outros 645 municípios do Estado tiveram a quarentena prorrogada até o dia 31 de maio.

Os dados de isolamento social são do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo. De acordo com o Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, a adesão ideal para controlar a disseminação da COVID-19 é de 70%.

Foi justamente por apresentar índices abaixo de 50%, o Governo decidiu prorrogar a quarentena em todo Estado de São Paulo, podendo ser revista somente no mês de junho.

Bragança Paulista  tem até o momento 113 casos positivos para COVID-19.  Além disso 156 casos foram descartados. A Secretaria Municipal de Saúde ainda aguarda o resultado dos exames de 24 pacientes, entre eles de uma paciente de 40 anos, que estava internada na Santa Casa e veio a óbito nesta sexta-feira, 8.

Marina de Fátima Oliveira disse em seu pronunciamento na sexta-feira, 8, que se caso haja flexibilização o município tem um plano de ação. “Nós não temos que olhar só a saúde individualmente. Eu não trabalho sozinha. A gente pensa em um conjunto”, disse.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região acesse: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias pelo celular acesse: https://chat.whatsapp.com/HdZWFOJmyuX5Say7PvW9DF

[uam_ad id=”37841″]

 

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados