Bragança integra polos de desenvolvimento anunciados pelo governador

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 23, a criação de 11 polos de desenvolvimento econômico com pacote de benefícios setoriais para a indústria. Dos 11 polos, aliás,  9 são para a região de Campinas. Bragança Paulista integra alguns destes polos. O mesmo acontece por exemplo, com outras cidades da região Bragantina, como: Amparo, Itatiba, Pedreira, Atibaia, Joanópolis, Piracaia, Serra Negra, Socorro, Bom Jesus Dos Perdões, Lindóia e Pinhalzinho.

A criação dos polos foi anunciada pelo governador João Doria e pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, durante solenidade no Palácio dos Bandeirantes.

Os polos trarão, de acordo com o anunciado pelo governador, benefícios setoriais para a indústria. Isto, consequentemente, deve gerar empregos.

Como funcionarão os polos?

“A atuação dos polos é para identificar falhas de mercado e atuar nas falhas de governo. Nosso trabalho é alavancar a produtividade e a competitividade do setor privado, para impulsionar e melhorar as políticas públicas nas regiões onde as cadeias produtivas estão instaladas”, disse a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “

Foram anunciados polos nos setores de Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos; Alimentos e Bebidas; Automotivo; Biocombustíveis; Couro e Calçados; Derivados de Petróleo e Petroquímico; Eco Florestal; Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos; Químico, Borracha e Plástico; Saúde e Farma e Têxtil, Vestuário e Acessórios que cobrem todo o estado de São Paulo.

O governador ressaltou na oportunidade que a medida visa a geração de empregos, que para ele é prioridade.

“Geração de emprego não é com programa de assistencialismo, muito menos com paternalismo, é incentivando o setor produtivo, criando condições adequadas para o setor privado produzir, criar, gerar empregos, remunerar adequadamente, criando estabilidade e condições econômicas adequadas”, comentou o governador João Doria.

Os polos serão beneficiados com:

  •  Simplificação Tributária e Regulatória
  • Financiamento Competitivo
  • Tecnologia e Inovação
  • Qualificação de mão de obra
  • Infraestrutura e serviços
  • Ambiente de negócios & Desburocratização

O governador disse ainda que haverá “cursos customizados e adequados as demandas das regiões, por meio das Fatecs e Etecs, instituições sólidas, capacitadas, historicamente”.

Para ele, a qualificação de mão de obra, é um dos estímulos importantes do Governo do Estado ao desenvolvimento desses polos.

Confira quais são os polos que tem cidades da região Bragantina

1. Agritech, Aeroespacial, Serviços Tecnológicos: Amparo, Itatiba e Pedreira.

2.   Alimentos e Bebidas:  Amparo, Atibaia, Bragança Paulista, Itatiba, Joanópolis, Lindóia, Pedreira, Piracaia, Serra Negra, Socorro.

3.  Automotivo: Amparo, Atibaia, Bragança Paulista, Itatiba, Pedreira, Piracaia,

4. Biocombustíveis: Atibaia e Bom Jesus Dos Perdões.

5. Derivados de Petróleo e Petroquímico: Atibaia e Bom Jesus Dos Perdões.

6. Metal-metalúrgico, Máquinas e Equipamentos:  Amparo,  Atibaia, Bom Jesus Dos Perdões, Bragança Paulista, Itatiba, Lindóia, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia.

7. Químico, Borracha e Plástico: Amparo,  Atibaia, Bom Jesus Dos Perdões, Bragança Paulista, Itatiba, Pedreira, Piracaia.

8.Saúde e Farma:  Amparo, Atibaia, Bragança Paulista, Itatiba e Pinhalzinho.

Deixe uma resposta