Bragança Paulista irá participar na cidade de Americana, entre os dias 30 de maio e 4 de junho, da primeira etapa dos Jogos Regionais do Idoso (JORI) de 2017.

A competição chega à 21ª edição e deve reunir mais de 14 mil atletas nas oito etapas regionais.

O evento é realizado pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo (SELJ).

A delegação de Bragança, segundo a secretaria de esportes,  participará de todas as modalidades, e conta com uma delegação composta por 95 pessoas, sendo 78 atletas e 17 dirigentes, que serão acompanhados pelo Chefe de Divisão da Juventude Sandra Teixeira.

 

Além de Americana, as cidades que vão receber os JORI em 2017 são: Lins, São Sebastião, Votuporanga, Praia Grande, Itapetininga, Marília, Bebedouro e Sertãozinho, que sediará a final estadual, reunindo os dois melhores municípios de cada modalidade classificados nas etapas anteriores.

As 14 modalidades disputadas são bocha, atletismo, buraco, coreografia, damas, dominó, dança de salão, malha, truco, natação, vôlei adaptado, tênis de mesa, tênis e xadrez.

No ano passado, mais de 300 cidades paulistas estiveram representadas nos JORI.

Todas as cidades-sede recebem uma cerimônia oficial de abertura, com direito a desfile dos municípios participantes, acendimento de pira olímpica e juramento dos atletas.

História

Os JORI começaram em 1994, com o evento “Caras e Coroas”, no Ginásio do Ibirapuera. Depois do sucesso do torneio, em 1995 foi iniciada a competição nos moldes atuais, organizada pela primeira-dama da época, Lila Covas.

Desde então, anualmente oito cidades recebem os jogos, representando as oito Regiões Esportivas do Estado, e uma última sedia a final estadual. A primeira-dama do Estado e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), Lu Alckmin, que acompanha todas as edições dos JORI desde 1996, resumiu na última edição a responsabilidade em organizá-la: “Acima de qualquer resultado esportivo, é contagiante perceber a alegria e o envolvimento de todos os participantes, a expectativa para a chegada dos JORI. Para nós, é um orgulho organizar este evento há 21 anos e presenciar estas pessoas que são exemplos para todos nós”.