Skip to content

Bragança Paulista permanece na fase amarela do Plano São Paulo

Bragança avança para Fase Amarela e reabre academias e salões

Bragança Paulista permanece na Fase Amarela do Plano São Paulo de retomada econômica por causa da pandemia da COVID-19. Com o anúncio feito pelo Governo do Estado de São Paulo nesta sexta, 21, lanchonetes e  restaurantes podem abrir até as 22h. O mesmo, aliás, vale para todos os setores do ramo de alimentação.

Outra novidade desta etapa, aliás, é que todos os estabelecimentos podem funcionar por 8 horas e não mais apenas por 6 horas. O atendimento, nos restaurantes e afins, no entanto, deve ser feito em áreas ao ar livre ou arejadas.

O comércio em geral, bem como as imobiliárias e clubes também continuam com o atendimento presencial. A diferença, no entanto, é que agora, também podem abrir por 8 horas diárias. A operação deve respeitar o limite de 40% da capacidade do local.

Nesta fase, as escolas de idioma, de música e informática poderão operar com as aulas presenciais. O atendimento, no entanto é de 40% da capacidade do espaço e com o agendamento prévio.

Mercado, feiras e igrejas

O Mercado Municipal também retomará suas atividades de segunda-feira a sábado, das 8h às 18h, e aos domingos, das 8h às 12h. A Feira do Artesanato também retorna, sendo permitido o funcionamento de Food Trucks e similares, sendo vedado o consumo no local, assim como as barracas, mantendo a regra de distanciamento.

Os salões de beleza, as barbearias e manicures, bem como academias e centros de ginástica e dança também podem funcionar por 8 horas diárias com 40% da capacidade do local. A medida, aliás, também vale os shoppings.

Além disso, igrejas, templos religiosos e feiras livres seguirão o planejamento anterior. Serviços de entrega e retirada, por sua vez, continuam como antes.

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

 

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados