Conforme dados divulgado pelo Governo do Estado, Bragança Paulista registrou no sábado, 2, uma taxa de isolamento social de 51%.  No dia anterior, feriado do Dia do Trabalhador o índice foi de 54%.

Durante a semana, no entanto, a taxa registrada, tem sido de 46 e 47%, o que preocupa as autoridades. Segundo especialistas para barrar a velocidade da propagação do coronavírus e evitar um colapso no sistema de saúde é necessário um isolamento de 70%.

VEJA TAMBÉM

Gráficos com números de COVID-19 em Bragança Paulista
Números da COVID-19 em Bragança, Atibaia e região

Bragança Paulista, neste domingo, 2, não registrou novos casos positivos de COVID-19. Nos finais de semana, aliás, tem sido comum um menor número de registros de casos. Bragança Paulista tem 242 notificações, 88 casos confirmados, 134 descartados e 20 em investigação, entre eles dois óbitos.

Segundo dados do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo o isolamento em Bragança está abaixo do isolamento social no Estado, cujo índice foi de 53%.

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento, bem como apontar a eficácia das medidas de isolamento social.

Além de Bragança Paulista, o Governo do Estado divulga também da região os dados de Atibaia, Amparo e Itatiba. No sábado, Atibaia registrou um índice de 52% de isolamento, Amparo de 56% e Itatiba uma taxa de 49%.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região acesse:https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias pelo celular acesse: https://chat.whatsapp.com/BEtf6hqh9CW4JeRGa16MO3

[uam_ad id=”37841″]

 

Deixe uma resposta