Bragantina completa 106 anos

Ontem, 26, uma das moradoras mais idosas de Bragança Paulista completou mais um aniversário: o centésimo sexto. Isto mesmo, a dona Iracema Camargo de Araújo completou 106 anos de idade esbanjando alegria e lucidez.

Ela nasceu no dia 26 de setembro de 1914, em Bragança e tem três filhos: Maria Lúcia, José Geraldo e Jair, além de 10 netos e 13 bisnetos.

A reportagem do Em Pauta conversou com familiares da aniversariante e enquanto a ligação ocorria, era possível ouvir os parabéns ao fundo. É verdade que por causa da pandemia do novo coronavírus, a comemoração não pode ser da maneira que eles queriam. Participaram somente aqueles que moram com ela, na residência de sua filha e aqueles que residem ao lado e estão presentes no dia a dia da família.

O que ela gosta de fazer?

E hoje, em isolamento social, o que a dona Iracema mais gosta de fazer? Ler jornal (sem necessidade de óculos) e ajudar nos afazeres da casa, como preparar o almoço.

Antes da pandemia ela gostava era mesmo de frequentar os bingos nas igrejas.

Hoje e há mais de 40 anos, a família de Iracema mora nas proximidades do Instituto Educacional Coração de Jesus, o Colégio das Madres. E ela chegou a estudar neste colégio, bem como no José Guilherme e do Dr. Jorge Tibiriçá.

Mas antes, Iracema morava na Praça Raul Leme, muito antes da praça ter este nome. Afinal, Raul Leme era o seu vizinho.

Ela foi casada com Tércio Pereira de Araújo, maquinista e mecânico da Estrada de Ferro Bragantina e lembra com clareza de toda transformação de Bragança Paulista, desde a década de 1920. E tinha outros dez irmãos.

Perguntamos sobre sua saúde e os familiares foram categóricos. Dona Iracema está lúcida, anda sozinha (devagar é verdade) e com sua bengala, mas toma banho sozinha, se alimenta bem e ajuda a todos. Para não ter que sair da casa, recebe a visita de seus médicos.

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta