Esta cada dia mais perto o acesso do Bragantino à serie A do Brasileirão, em 2020.  Matematicamente, no entanto, o clube não está classificado e por isto, é importante a vitória contra o Vila Nova na sexta-feira, 25.  A equipe, além disso, também sonha com o título e precisa de vitórias para não deixar o adversário encostar.

O jogo contra o Vila Nova acontece em Bragança Paulista, a partir das 21h30.  Uma vitória deixa o Bragantino bem perto do acesso e é por isto que já tem gente dizendo que a vitória garante o acesso. Matematicamente, porém, o acesso ainda não virá nesta partida.

O Bragantino tem hoje 59 pontos. São só 6 pontos na frente do Sport, que está em segundo lugar e assim como o Bragantino sonha com o título. Ainda há 8 jogos para terminar a competição, ou seja, 24 pontos estão em jogo.

O primeiro time fora do G4 é o América-MG, com 47 pontos. São 12 pontos a menos que o Bragantino. Como ainda há chances matemáticas de ultrapassagem é por isto, que não podemos dizer que o acesso está confirmado, embora seja quase certo.

Caso o Bragantino vença os próximos jogos e o América também, o Massa Bruta só subirá matematicamente no jogo contra o Botafogo, em Ribeirão Preto, no dia 8 de novembro.  A expectativa, porém, é que haja tropeços do América e o clube conquiste matematicamente o acesso antes.

Partida contra a Ponte

Na partida de sábado, 19, contra a Ponte Preta, não houve gols no primeiro tempo. A equipe do Bragantino, aliás começou perdendo. O clube levou um gol aos 15 minutos do segundo tempo.

Roger foi quem marcou para a Ponte.

O empate só saiu aos 35 minutos do segundo tempo. O Bragantino, no entanto, não teve tempo de virar o placar.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta 1 x 1 Bragantino

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Vinicius Furlan
Público e renda: 4.488 / R$ 42.180
Cartões amarelos: Guilherme Guedes, Washington e Vico (Ponte Preta); Aderlan e Ryller (Bragantino)
Gols: Roger (15/2T) e Thiago Ribeiro (35/2T)

Ponte Preta
Ivan; Diego Renan, Renan Fonseca, Airton e Guilherme Guedes; Edson (Rafael Longuine), Washington, Renato Cajá (Camilo), Vico e Araos (Dadá); Roger
T: Juninho (Gilson Kleina suspenso)

Bragantino
Julio Cesar; Aderlan, Léo Ortiz (Rayan), Ligger e Rafael Silva; Ryller (Thiago Ribeiro) e Uillian Correia; Claudinho, Ytalo e Wesley (Pedro Naressi); Matheus Peixoto
T: Antônio Carlos Zago

Para ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias do Bragantino acesse: https://bragancaempauta.com.br/tag/bragantino/

 

 

 

Deixe uma resposta