Bragantino perde mais uma e assume lanterna do Brasileirão 2020

O Red Bull Bragantino perdeu de  2 x 1  para o  Atlético-MG no Mineirão, em partida válida pela 10ª rodada do Brasileirão 2020. Apesar dos dois gols sofridos, o destaque da noite no Bragantino no entanto, ficou por conta do goleiro Júlio César, que reassumiu a posição e defendeu um pênalti.

Com o resultado, além de continuar na zona de rebaixamento, a equipe que começou a rodada na 19ª colocação caiu para o último lugar e assumiu a lanterna da competição.

Já o Atlético-MG está em segundo lugar na tabela.

O Red Bull Bragantino tem apenas um vitória no Brasileirão 2020. São cinco derrotas e quatro empates. Este é o terceiro jogo da equipe sob o comando de Maurício Barbieri. São duas derrotas e um empate até aqui.

O Bragantino começou a partida de hoje com Júlio César no gol, Léo Ortiz, Léo Realpe, Aderlan, Edimar, Ryller, Lucas Evangelista, Raul, Artur, Claudinho e Alerrandro.

A volta de Júlio César acontece após falha de Cleiton durante a semana em partida contra o São Paulo e protesto da torcida, que pichou o muro do estádio, cobrando mais futebol.

Aos 20 minutos, Alerrandro roubou a bola e tocou para Claudinho. Em seguida, ele recebeu de volta pela esquerda e  tentou o cruzamento rasteiro, mas a marcação desviou.

Claudinho teve uma chance aos 23 minutos. Ele recebeu pela esquerda e bateu, mas Everson segurou para o Galo.

O gol do Atlético-MG saiu aos 28 minutos. Guilherme Arana cobrou escanteio na segunda trave. Réver subiu mais e cabeceou para o gol, abrindo o placar no Mineirão.

Aos 37 Claudinho dominou pela ponta, corta e bateu colocado, no cantinho. O goleiro se esticou e mandou para escanteio.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram melhor no segundo tempo.

O gol de empate do Bragantino saiu aos 3 minutos.  Artur dominou na direita e cruzou para Lucas Evangelista, que chutou no travessão.

A bola sobrou para Alerrandro que marcou o seu, fazendo valer a lei do ex. O atleta jogou em 2019 justamente no Galo.

A partir daí, o Bragantino tentou pressionar o Atlético.  Aos 7 minutos, Alerrandro lançou Artur, que invadiu a área e bateu para o gol.  A bola passou por cima do gol.

Aos 16, o Galo teve a chance de marcar o segundo. Aderlan derrubou Keno dentro da área. Sasha cobrou o pênalti mas Júlio César defendeu. Logo na sequência, o goleiro fez ainda uma ótima defesa, salvando o Bragantino e logo depois sofreu um gol, mas o juiz marcou impedimento.

Se não fosse a boa atuação de Júlio César, o Bragantino poderia ter perdido de mais.

Mudanças no Bragantino

Barbieri fez a primeira alteração na equipe aos 24 minutos. O autor do gol do Bragantino saiu para entrada de Robinho. Aos 35 ele tirou Aderlan e colocou Barreto.

As mudanças, no entanto, não foram suficientes para o Bragantino virar a partida.  Ao contrário, a equipe sofreu o segundo.  Keno cruzou da esquerda e a bola atravessa a área. Savarino, que estava livre na direita chutou ee Júlio

César faz a defesa, no entanto, a bola já estava dentro do gol.

Aos 46 minutos, Artur ainda saiu para entrada de Hurtado, mas o Red Bull Bragantino não teve tempo de empatar.

Logo após a partida, o goleiro Júlio César disse que apesar do resultado, estava feliz em voltar a campo e feliz  pela defesa do pênalti. No entanto, disse que é hora de deixar o individual de lado e trabalhar duro para que o Bragantino possa reagir, conquistar vitórias e estar melhor posicionado na competição.

O Bragantino volta a campo agora somente no sábado, 19, contra o Ceará, em Bragança Paulista. A partida acontece às 19h.

Para saber tudo sobre o Red Bull Bragantino, aliás, é muito fácil. Acesse o link:  https://bragancaempauta.com.br/tag/red-bull-bragantino/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região, no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta