Briga por causa de cachaça termina com morador de rua esfaqueado

Uma briga entre dois moradores de rua terminou em  um esfaqueamento em Bragança Paulista. Segundo a vítima a briga aconteceu “por causa de cachaça”.

Guardas civis municipais foram solicitados à comparecer na Avenida Guido Duci, 295, no Jardim  Águas Claras. Quando lá chegaram, aliás, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estava atendendo a vítima.

Quando lá chegaram, constaram que um morador de rua, de 41 anos, tinha levado pelo menos duas facadas (uma no ombro e outra no braço) e que o suspeito do crime tinha fugido.

Os guardas civis da Equipe de Rondas Ostensivas com Motocicletas (Equipe ROM) iniciaram as diligências no local e detiveram o acusado, de 28 anos, na Rua Santino Nogueira da Silva.

O acusado tentou resistir a prisão. Os guardas, no entanto, conseguiram o conter e deter.

O rapaz confessou então que realmente tinha agredido uma pessoa, momentos antes, mas que sua intenção não era machucá-lo. De acordo com ele, a ideia era apenas assustar a vítima.

Os guardas encontraram dentro da mochila do acusado duas facas, sendo uma faca de cozinha e uma faca maior. A polícia apreendeu ambas e o conduziu até o Plantão Central.

Policiais civis compareceram ao Hospital Universitário São Francisco (HUSF) e conversaram com a vítima, que não corre risco de morte.

A vítima confessou que a discussão  ocorreu por “conta de cachaça”. Já  o autor das facadas disse que apenas se defendeu de uma caixa de madeira que jogaram em suas costas.

Para ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista, aliás, é muito fácil. Basta  você acessar os links:

https://bragancaempauta.com.br/category/policia/
https://www.facebook.com/policiaempauta

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta