Combater ao Bullying nas escolas é algo de extrema importância, afinal ele pode causar problemas para toda a vida da criança vítima da ação.

Diante disto,  a Secretaria Municipal de Educação promoveu na quinta-feira, 22, um treinamento com o objetivo de dar subsídios aos gestores para que trabalhem a temática que envolve o Bullying com propriedade e organizem a programação para um trabalho mais efetivo nas escolas.

O treinamento faz parte do início às atividades de conscientização alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola, comemorado dia 7 de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Ao todo participaram da formação 110 profissionais de educação, no Polo de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

O treinamento tem como proposta capacitar docentes e equipes pedagógicas para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema; implementar e disseminar campanhas de educação, conscientização e informação, através de palestras, debates e vídeos.

A capacitação é baseada na Lei Federal nº 13.185/2015, que estabelece o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying) em todo o Brasil e também na Lei Municipal nº 4573/2017  que instituiu em Bragança Paulista a Semana Municipal de Conscientização sobre o Combate ao Bullying.

Os palestrantes dessa formação foram o administrador de empresas Eduardo Toledo, Mariana Cordeiro e Elisa Maria Moraes Montagnana.

Próximo eventos de combate ao bullying

No dia 5 de abril, com o objetivo de sensibilizar o olhar para o outro, a Prefeitura promoverá  uma palestra no Núcleo de Apoio ao Professor e ao Aluno – NAPA, das 18h30 às 22h30. O evento terá uma abertura com intervenção teatral sobre o bullying, Palestra Foco Jurídico e Comportamental e Roda de Conversa.

Como já divulgado, pelo jornal on line Bragança Em Pauta, nos próximos dias escolas municipais receberão peça teatral sobre o tema, com o  “Diverte Teatro Viajante”, idealizado e realizado pela Ciência Divertida, com apoio do Ministério da Cultura e da TE Connectivity.

 

1 comentário

  1. Tenho 51 anos e fui vitima de bulling e maus tratos desde a infancia e adolescencia, a direção da escola me despresou assim como todos meus parentes hoje sou aposentado por invalidez e minha vida é sofrimento desde o dia em que nasci não tenho saúde fisica nem emocional vivo em bragança sou perseguido em casa e por vizinhos invejosos, nunca tive paz, por isso afirmo a humanidade é desumana e cruel, e deus está dando o troco aos maus de coração, olhem o mundo como está, daqui para pior DEUS é justo por isso que o amo, nunca irão me tirar a dignidade e minha honra como tentam sempre.

Deixe uma resposta