Café produzido na região fica em 3º lugar no 19º Concurso Melhores Cafés de São Paulo

A produção de café na região é algo que tem crescido e se destacado. E um café produzido na cidade de Serra Negra, na Região Bragantina ficou em 3º lugar no 19º Concurso Melhores Cafés de São Paulo.

Trata-se do café do produtor Roberto Broto Marchi. O café obteve a nota 8,51.

Ao todo dez produtores de cafés especiais de Amparo, Serra Negra e Socorro concorreram ao Prêmio “Aldir Alves Teixeira” em disputa no 19º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo.

VEJA TAMBÉM:

Jogador do Bragantino, Bruno Tubarão testa positivos para  COVID-19
Idosa completa 87 anos e pede cesta básica de presente para PM
Identificado homem morto em confronto com a ROTA

O resultado foi divulgado na quinta-feira, 29.  A relação dos lotes finalistas, cujas notas são compostas pela pontuação obtida na avaliação técnica (80%) e no quesito sustentabilidade (20%).

De acordo com o  Sindicafé – Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo, ao todo o café de 11 finalistas foram analisados, sendo quatro na categoria Café Natural, quatro na categoria Cereja Descascado, dois na categoria Microlote (de apenas duas sacas, não importando a forma de preparo) e um Nano lote.

O campeão foi o produtor Carlos Rovilson Penna, de Divinolândia, com a nota 8,55, na categoria Cafés Naturais.

Na edição deste ano, foram inscritos por cooperativas e associações de produtores 69 lotes, de 8 regiões produtoras. As amostras de todos os lotes foram avaliadas por um Júri Técnico.

Os classificadores e especialistas que integram o júri foram indicados por instituições apoiadoras do concurso, com a coordenação dos trabalhos realizada por Nathan Herszkowicz, presidente executivo do Sindicafé SP. São eles: Camila Arcanjo, do GAC – Grupo de Avaliação de Café do Sindicafe-SP – Sindicato das Indústrias de Café do Estado de São Paulo, Alouisio Aparecido Lusvaldi Barca, do Museu do Café, Clóvis Venâncio de Jesus, da Associação Comercial de Santos, Cristina Saraiva Deolindo, do Cecafé e Kwong Joork Yeung da Câmara Setorial de Café.

Confira a lista dos vencedores:

Leilão e premiação

Os 11 lotes finalistas poderão ser adquiridos por cafeterias, torrefações e pessoas jurídicas durante o leilão que começa dia 5 e termina dia 11 de novembro. A ficha de participação está disponível no site www.sindicafesp.com.br e deverá ser preenchida e enviada, juntamente com o lance, para o e-mail [email protected].

O resultado do leilão será divulgado dia 27 de novembro, em cerimônia a ser realizada on line (em função da pandemia do COVID-19), quando será feita a premiação dos produtores e das empresas campeãs (as que deram os maiores lances no leilão). Esses cafés serão industrializados e a partir de dezembro estarão disponíveis aos consumidores, em embalagens com selos numerados, que poderão adquiri-los em lojas gourmet ou via e-commerce.

O concurso é uma promoção da Câmara Setorial de Café de São Paulo e da CODEAGRO – Coordenadoria de Agronegócios da Secretaria da Agricultura do Estado, e conta com a parceria do Sindicato das Indústrias de Café de São Paulo, da ACS – Associação Comercial de Santos e do Museu do Café.

Etapa regional

Segundo Daniel Gomes, pesquisador da Secretaria de Agricultura, a etapa regional de seleção dos melhores cafés acontece há 13 anos e foi um divisor de águas na valorização dos cafeicultores e cafés da região. “Antes do concurso, o café do Circuito das Águas Paulistas era praticamente desconhecido e era vendido por baixos valores por saca. Hoje, a região mostrou que tem alto potencial para produzir, e, nos últimos cinco anos, amostras de cafés especiais saíram daqui e ganharam destaque brasileiro em termos de qualidade”, afirmou.

Este ano, na etapa regional foram inscritas 48 amostras da região para participar do concurso, que foram avaliadas por três provadores de café: Sertório Neto, Camila Arcanjo e Anderson Luz. As amostras são divididas nas seguintes categorias: Natural, CD (descascado), Microlote e Nanolote.

Saiba mais sobre o café da região>

 

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta