As cozinhas e os bebedouros da Prefeitura de Bragança Paulista, foram interditadas para realização de uma manutenção hidráulica e elétrica no Paço Municipal.

 O tema foi tratado durante a semana pelo vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos na Câmara Municipal de Bragança Paulista.

O líder da administração explicou que  o telhado do prédio passará por manutenção hidráulica e elétrica, para afastar riscos de incêndio.

“É importante informar a todos que a interdição foi necessária após queixas de mau cheiro no gabinete da secretaria Municipal de Finanças e a realização de uma inspeção no telhado. Os funcionários suspeitavam da presença de gambás e encontraram fezes de roedores fermentadas, um emaranhado de fiação cruzada, assoalho carcomido e caixas d’água de amianto destampadas”, detalhou Paulo Mário.

Segundo o vereador, a Administração contatou duas empresas para a execução dos reparos na parte elétrica e hidráulica da estrutura, a fim de afastar os riscos sanitários e de incêndio.

Deixe uma resposta