A Câmara de Bragança Paulista realiza nesta terça-feira, 14, a 28ª Sessão Ordinária a partir das 16h e na ordem do dia os vereadores votam, em 1º turno, o projeto de lei 25/2018, de autoria do vereador Marcus Valle, que permite que a Prefeitura fiscalize e multe práticas lesivas ao meio ambiente, com base nas condutas tipificadas pela Lei Federal nº 9.605/98.

O segundo projeto que será votado em 1º turno é o PL 26/18 que propõe que os postes de energia elétrica, em caso de manutenção e expansão da rede, sejam constituídos de cimento armado, conforme estabelecido em norma técnica.

Encerra a ordem do dia duas moções que tiveram a votação adiada durante a sessão da semana passada.  Os parlamentares votam em turno único a moção 37/18, de autoria dos vereadores Moufid Doher e Antônio Bugalu, que sugere a instituição de programa de fomento à cultura da periferia, e a moção 38/18, do vereador Dr. Claudio, que propõe a implantação de Hospital Público Veterinário no Município. Se aprovadas, as duas propostas seguem para apreciação do Executivo Municipal.

Tribuna Livre

Na Tribuna Livre é esperada a participação da regente do grupo Violeiros do Rio Jaguari SOS Vale do Jaguari, Euripedes Menezes de Liz, com fala sobre a importância do Dia do Violeiro. A segunda inscrita é a secretária Municipal de Ação e Desenvolvimento Social, Margarete Gonçalves, para falar sobre a nova política de assistência social e a Lei Municipal 4525/16. Ambas foram apresentadas pela vereadora Rita Leme.

As sessões ordinárias acontecem no plenário da Câmara Municipal (Praça Hafiz Abi Chedid, 125, Jardim América), podendo ser acompanhadas pela internet, pelos siteswww.camarabp.sp.gov.brwww.facebook.com/camarabragancapaulista e www.youtube.com.br/camarabraganca ou pela TV Alesp, da operadora NET.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *