Na madrugada desta quarta-feira de cinzas, dia 14, a imprensa, recebeu um convite por WhatsApp para solenidade de posse do novo secretário de Meio Ambiente. O anúncio pegou todo mundo de surpresa e foi confirmado pela manhã.

Até a hora da posse do novo secretário, que aconteceu as 15h no gabinete, o nome de quem assumiria a pasta, foi mantido em sigilo.

O novo secretário da pasta é Alexsandro de Souza Morais, que já exerceu cargo de chefia Divisão de Fiscalização Ambiental na administração do ex-prefeito João Afonso Sólis (Jango),  quando a pasta tinha como secretário Joaquim Gilberto de Oliveira.

Na época, uma das prioridades da administração era justamente a fiscalização ambiental, inclusive em parceria com a Guarda Civil Ambiental criada com esta finalidade e extinta na administração de Fernão Dias.

Alexsandro de Souza é pós-graduando no curso de Especialização em Obras hidráulicas com ênfase em Projeto e Gestão pela PUCPR, graduado em Engenharia Ambiental pela PUC-Campinas, possui nove anos de experiência em gestão ambiental pública, proficiente em hidrologia e hidráulica. Além disso, atuava como consultor em processos de licenciamento ambiental junto aos órgãos públicos na esfera municipal, estadual e federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Porque Fábio José deixou o cargo?

O ex-secretário Fábio José Machado, postou em suas redes sociais uma carta informando o porque de sua decisão de deixar o governo. Ele é o primeiro do alto escalão que deixa o cargo.

Na carta, ele explica que a decisão da exoneração foi dele, “por diversos motivos de ordem pessoal”. 

Também explica que como biólogo, não pode “conceber a ideia de que o meio ambiente seja colocado, quase sempre, em segundo plano.”

“Entendo que no ano de 2017, o município e, principalmente a Prefeitura em vários segmentos, enfrentaram ou enfrentamos (sou bragantino e isso também reflete em mim) vários problemas de diversas ordens deixados por gestões anteriores, mas, mesmo assim, faz-se necessário comungar da ideia de que o ambiente é o cenário para a tomada de praticamente todas as decisões e que as pessoas precisam entender tal importância.”

Fábio José, disse ainda que quando foi convidado pelo prefeito Jesus Chedid  para desempenhar a função de secretário, aceitou prontamente, pois acreditava na possibilidade de fazer de Bragança Paulista uma cidade melhor. “Infelizmente não sabíamos o que nos esperava”, desabafou.

Ele ainda ressaltou que encontrou computadores praticamente “limpos” na secretária e sem qualquer informação dos feitos anteriores, equipe reduzida e o mínimo de infraestrutura.

“Com o tempo, a equipe foi “ganhando corpo” e as divisões da secretaria foram se fortalecendo, mas ainda se faz necessária a contratação de mais técnicos e pessoas habilitadas para os cargos que lá irão exercer”, ressaltou.

Fábio resumiu também em seu desabafo, várias ações realizadas enquanto esteve à frente da pasta e disse que acreditava que as coisas melhorariam no início do ano. “Infelizmente, por razões que desconheço nada mudou. Foi então que percebi que como professor, profissão a qual exerço por opção há mais de 15 anos, consigo ajudar muito mais pessoas (e consequentemente o meio ambiente), através do trabalho realizado em sala de aula, do que como secretário”, disse.

Disse ainda, que deixa o cargo com a cabeça erguida e orgulhoso do que fez e agradeceu ao prefeito pela oportunidade.

“Realmente saio com uma visão de mundo diferente da de quando entrei e com uma experiência de vida que certamente ficará positivamente marcada, também não poderia deixar de agradecer a todos os Secretários das outras pastas e a todas as pessoas que, direta ou indiretamente, tivemos contato durante esta pequena jornada” e finalizou dizendo:

“É com muita alegria que volto a ser aquilo que sempre fui e a fazer aquilo que faço com excelência: SER PROFESSOR!”

3 Comentários

  1. Porque será que o secretário e o governo Chedid escondeu do currículo e da apresentação que Alexsandro foi diretor de meio ambiente (cargo máximo) na administração do ex-prefeito de Vargem Aldo Moysés????

  2. Tudo muito estranho. Convites durante madrugada com erro de data, apresentação as pressas, surpresas = sinônimo de coisa errada no ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *