Atualizada as 11h59

Mais uma vez, a cidade  de Bragança Paulista sofreu com as fortes chuvas da tarde desta quarta-feira, dia 24.

Esta não é a primeira vez que o Mercado vira cachoeira este ano e os permissionários, querem providências.

A reportagem do Bragança Em Pauta, recebeu informação que o forro foi reparado com dinheiro dos próprios permissionários na última chuva, mas não resistiu e cedeu novamente.  O medo é que o forro caia durante o funcionamento do local e cause ferimentos nos clientes, funcionários ou permissionários.

A secretaria Municipal de Agronegócios Gislene Bueno, entrou em contato com  a reportagem,  e explicou que as obras foram feitas pela Prefeitura. Disse, inclusive, que estudará junto ao secretário de Serviços Aniz Abib Júnior, a abertura de um procedimento administrativo para apurar se algum permissionário realmente deu dinheiro para algum funcionário da Prefeitura. Ela ressaltou ainda que está providenciando a contratação de uma empresa para reformar o local e fazer assim os reparos.

Segundo o apurado pela reportagem, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) que fica no piso superior do Mercado, também sofre constantemente com a chuva.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Além das imagens do Mercado, diversas foram as fotos e vídeos enviadas por nossos leitores sobre o estado que ficou a cidade, durante a forte chuva que começou por volta das 17h e foi rápida, porém destruidora.

Falta de energia

Segundo a Energista, o temporal foi acompanhado de ventos fortes e raios e a queda de árvores sobre as redes de distribuição de energia elétrica causou o rompimento de cabos, queda de postes e outros danos ao sistema elétrico.

Bairros como Morro Grande da Boa Vista, Água Comprida, Vergenha, Residencial Águas de Bragança, do Bacci, Boa Vista, Bom Retiro, Parque Caete, Loteamento Fernão Dias, Jardim São José, Portal da Estância e Condomínio Vila Rica ficaram sem energia.

Em caso de necessidade, a Energisa deve ser acionada pelo telegne 0800 70 10 326 (ligação gratuita) ou pelo aplicativo Energisa On.

 

Na Boa Vista dos Silva, nossos leitores registraram inclusive alagamento.

Outros estragos e alagamentos

Houve quedas de árvore também Avenida Dom Pedro I. O vento forte causou estragos  na Universidade São Francisco e na Igreja São José.

O muro do condomínio Colinas da Mantiqueira também desabou.

Na Rua Americo Fontana com a Rua João Diniz na Vila Bianchi, moradores filmaram a força da água. Os moradores relatam que o problema é enfrentado há mais de 10 anos e nada é feito.

Novos alagamentos foram registrados pelos nossos leitores nas Avenidas Pires Pimentel, José Gomes da Rocha Leal, trevo da Rodovia Capitão Barduíno e também na Rua Tupi.

Amanhã, dia 25, a Prefeitura deverá divulgar um balanço dos estragos e o Bragança Em Pauta irá divulgar a atualização do ocorrido.



Este video com as imagens do Mercado Municipal e Vila Bianchi também está disponível no  instagram do Bragança Em Pauta.  Se você ainda não segue a gente, corre lá.