Chuva causa queda de árvores e problemas em ponte

A  Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil, divulgou relatório das ocorrências registradas na noite da última terça-feira, dia 16, que entre outros problemas causou queda de árvores e alagamentos em Bragança Paulista.

A chuva começou por volta das 20h40 e foi acompanhada de trovões e relâmpagos e com velocidade de vento de 9,7 km/h.

O volume de água foi  de 6,7 mm.

Devido ao grande volume, em um curto espaço de tempo, aproximadamente 30 minutos, houve acúmulo de água na Rua Francisco Luigi Picarelli, no Jardim Santa Helena, que necessitou de isolamento temporário até que toda água acumulada no local escoasse. Nenhuma residência e/ou família foi afetada.

Os alagamentos no local têm sido constatante.

Segundo a Prefeitura, nas áreas mais críticas e mapeadas, não foram constatados nenhum tipo de ocorrência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Por volta das 22h40, após o término da chuva, a Defesa Civil foi acionada para verificação de pessoas em possível situação de risco no bairro Chácaras Fernão Dias, próximo a uma Igreja.

Ao chegar no local, a equipe constatou diversas pessoas e cerca de 15 veículos aguardando para atravessar uma ponte que estava tomada por enxurrada devido ao transbordo daquele ribeirão, que passa pela divisa do município de Bragança/ Atibaia. Após o fluxo e o nível da água diminuírem, por volta das 1h45 da manhã, a equipe efetuou a transposição das pessoas que estavam sem veículo para o outro lado da ponte.

Além disto,  8 árvores caíram na Avenida Dom Pedro I e a desobstrução e remoção das árvores foi efetuada pela Secretaria Municipal de Serviços.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *