A cidade viveu um verdadeiro caos novamente na tarde desta terça-feira, dia 7, devido as chuvas. E o comerciante Fernando Beraldi, aproveitou a oportunidade para protestar gravando um vídeo, como se estivesse pescando no cruzamento da Avenida José Gomes da Rocha Leal, com a Travessa Imprensa.

O vídeo viralizou pelas redes sociais.

A reportagem do Bragança Em Pauta, conversou com Fernando Beraldi. Ele disse que seu objetivo era chamar atenção das autoridades para que tomem alguma providência com relação a enchente na região.

O comerciante ressalta que com a chuva, além dos prejuízos que alguns estabelecimentos têm porque a água acabando invadindo alguns locais, todos acabam perdendo clientes, porque a via fica intransitável.

Ele acrescentou que hoje a tarde, por exemplo, ninguém esteve no seu local de trabalho, o que causa prejuízos e que a região virou um caos, porque todos queriam fugir da enchente.

A precipitação desta tarde provocou diversos pontos de alagamentos, além da enchente na José Gomes.

A Vila Malva, que é um dos pontos mais antigos de enchente no município, sofreu mais uma vez. O mesmo aconteceu na Rua Jerônimo Martin Carreteiro.

A Avenida Alberto Diniz, voltou a encher, impedindo o acesso de quem vinha ou seguia em direção à Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, que liga Bragança Paulista à Itatiba.

Um carro foi tomado pelas águas na  Avenida Antonio Pires Pimentel. Por sorte, pai e filho, de 9 anos, conseguiram abandonar o veículo e nada sofreram.

Na Rua Tupy também foi registrado alagamento e quem passou pela Avenida Juscelino K. de Oliveira, nas proximidades do Bosque dos Eucaliptos, se assustou com o volume de água no Ribeirão do Lavapés.

A Rodovia Capitão Barduino, no trevo de acesso à Tuiuti, também alagou.

Com a enchente em diversos pontos do município, o trânsito ficou caótico na região central, porque não havia muitas opções de fuga.

 

 

COMISSÃO

Vale lembrar, que o prefeito Jesus Chedid, nomeou através da Portaria nº 7068, no dia 23 de janeiro, uma Comissão para  verificar e avaliar dos danos causados pelas chuvas do dia 21 de janeiro.

A comissão tem como objetivo também  propor medidas para solução dos problemas identificados, devendo ainda produzir relatórios com providências a serem adotadas a curto, médio e longo prazos e é composta por  Antonio Paulo de Oliveira Armando, Secretário Municipal de Obras,  Tiago José Lopes, Secretário Municipal de Assuntos Jurídicos, José Galileu de Mattos, Secretário Chefe de Gabinete; Dorival Francisco Bertin, Secretário Municipal de Segurança  e Defesa Civil; Aniz Abib Júnior, Secretário Municipal de Serviços; Marcelo Alexandre Soares da Silva, Secretário Municipal de Planejamento e Fábio José Machado, Secretário Municipal do Meio Ambiente.

Até a tarde de hoje, nenhuma informação havia sido divulgada com relação aos trabalhos desta comissão.

 

 

,