A Divisão de Licitação, Compras e Almoxarifado, abriu na manhã desta quarta-feira, 21, o processo licitatório para o credenciamento de empresas interessadas em administrar a “Zona Azul” de forma digital, em Bragança Paulista.

O serviço foi denominado pela Prefeitura de monitoramento de “Cartão Bragança Azul Digital – CBAD” e o objetivo é administrar o estacionamento rotativo nas vias, logradouros e áreas públicas utilizando tecnologia digital.

Participaram do edital de Chamamento Público nº 02/2018,  cinco empresas: Central Park, Brotale Tecnologia e Software, Transitabile Sistemas de Controle de Vagas Automotivas, Serttel Soluções Mobilidade e Segurança Urbana e Trânsito Certo.

O credenciamento, segundo informações da Prefeitura, tem a característica de precariedade e não conferirá direito à exclusividade no monitoramento dos CBAD.

Com a abertura da licitação, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana analisará a documentação apresentada pelos licitantes e a divulgação do resultado do julgamento será feita mediante publicação na Imprensa Oficial do Município.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



As empresas que obtiverem a habilitação documental terão acesso aos servidores da Secretaria e terão o prazo máximo de 30 dias corridos para apresentar a documentação técnica referente ao sistema de monitoramento do CBAD.

O sistema deverá ser composto por três componentes:

  • Central da Secretaria de Mobilidade Urbana, que receberá as notificações dos fiscais,
  • Credenciamento de Pontos de Vendas – PDV, entre outras funções
  • Central do Credenciado, que será a base do Sistema de Monitoramento de CBAD,

Segundo a Prefeitura, a  empresa credenciada que executar o serviço será remunerado em 10% do valor de cada CBAD transacionado, o que corresponde a uma hora de estacionamento.

 

Deixe uma resposta