Durante a semana a  Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças está realizando o combate à dengue em diversos bairros de Bragança Paulista.

A ação tem como objetivo eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças.

Durante as visitas, que acontecem de casa a casa os agentes já retiram utensílios e outros materiais que são ou possam servir como criadouros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A estratégia de eliminação de criadouros foi desenvolvida a partir de um levantamento epidemiológico de Bragança Paulista, que apontou os bairros com maior incidência de criadouros do mosquito em 2018.

Na segunda-feira, 16, A ação foi realizada no Jardim São Miguel, foram 753 casas visitadas e 296 trabalhadas. Os principais materiais/locais encontrados como potencial criadouro foram: resíduos de construção, baldes, pratos/pingadeiras, vasos de plantas, piscinas etc. O controle mecânico foi realizado em 9 residências.

No período da tarde, a ação aconteceu no centro. Um total de 817 casas foram visitadas,  sendo 410 trabalhadas e o controle mecânico realizado em 22 locais.

Na terça-feira, a ação aconteceu na Vila Motta e nesta quarta-feira, 18, na Vila Municipal e no Jardim Anchieta.

Nesta quinta-feira, 19, serão atendidos o Portal São Marcelo e as Chácaras Fernão Dias; e na sexta-feira, 20, os bairros Santa Luzia e Jardim do Lago.

Complementando as ações, será realizado no próximo sábado, 21, um grande Arrastão de Limpeza no bairro Vila Aparecida,local com maior incidência de criadouros.

O arrastão contará com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços, Tiro de Guerra 02-009, Escolas Técnicas e dos Agentes de Endemias.

A Administração Municipal solicita aos munícipes que coloquem os materiais inservíveis em frente às casas, na noite que antecede o arrastão de limpeza, ou seja, na sexta-feira, 20.

Cabe ressaltar que não serão recolhidos os materiais inservíveis deixados para retirada após os caminhões já terem passado pelo local.