Contrato é assinado e mais radares e lombadas serão implantados

Foto: Ana Oliveira

Desde 2017 tentando concluir uma licitação para contratação de novos equipamento de radares, lombadas eletrônicas e OCR (leitores de placas de veículos), a Prefeitura de Bragança Paulista, enfim conseguiu finalizar o certame.  Na sexta-feira, 31,  aconteceu a assinatura do contrato com a empresa Tecdet – Tecnologia em Detecções Comércio Importação e Exportação. Com o contrato assinado, mais radares e lombadas eletrônicas serão implantados no município.

A empresa foi responsável pela implantação do sistema na inauguração do Complexo Integrado de Segurança, Emergência e Mobilidade (CISEM), na administração de João Afonso Sólis (Jango) em 2009. Além disso, prestou serviços também na administração de Fernão Dias.

A Tec Det foi chamada a assumir o serviço, após a primeira colocada Splice desistir da licitação, em janeiro deste ano.

Leia +https://bragancaempauta.com.br/novela-empresa-splice-desiste-de-instalar-radares-em-braganca/

O contrato

O contrato tem validade de 30 meses meses e valor de R$ 6.583.054,74.  A empresa foi representada na solenidade pelo ex-secretário de Trânsito e Segurança, Sérgio Pereira da Silva. Atualmente ele é diretor de Operação da Tec Det.

Os radares instalados no município na última década e a prestadora de serviços sempre foram duramente criticados pelo grupo Chedid nas gestões anteriores.

O contrato não engloba câmeras de monitoramento, manutenção de fibra ótica ou sinalização de trânsito. Ele abrange única, e exclusivamente, a implantação de mais radares, lombadas eletrônicas e equipamentos de OCR.

De acordo com nota divulgada pela Prefeitura: com esse novo sistema “serão implantadas novas faixas fiscalizadas por câmeras. Atualmente a cidade contava com 67 faixas e passará para 99 faixas”. Isto significa que serão aumentados os números de radares, bem como de pontos de fiscalização de avanço de semáforo e faixas de pedestres.

As câmeras nas principais entradas e saídas da cidade foram mantidas e as lombadas eletrônicas passarão para dez. Além disso, serão instalados três painéis de mensagens variáveis.

Aumento do número de radares

Na campanha de 2016 e no Plano de Governo o prefeito Jesus Chedid, prometeu a redução do número de radares e a substituição por lombadas eletrônicas.  Não é isto, no entanto, que podemos observar na licitação, que foi formulada pelo primeiro secretário de Mobilidade Urbana desta administração Manoel Botelho. A pasta já passou por outras mudanças depois da saída dele e tem atualmente como secretário, Rogério Santos, o quarto aliás, a ocupar o cargo.

Conforme levantamento feito pelo Jornal Bragança Em Pauta, o edital não prevê radares em apenas dois pontos de fiscalização antigos.

Isto acontece porque após entendimentos jurídicos as vias passaram a ser novamente de responsabilidade do Estado. Ou seja, os radares que continuarão desativados quando o assunto é velocidade são os radares da Avenida Dom Pedro I, no Lago do Taboão e da Variante Farmacêutico Francisco de Toledo Leme.

Confira todos os pontos de radares

De acordo com o edital, entretanto, devem ser mantidos os seguintes pontos de radares:

  • Avenida dos Imigrantes nº 1387 (Vila Malva)
  • Avenida dos Imigrantes nº 6776 (Proximidades da Feira do Rolo)
  • Avenida dos Imigrantes 5242 (Popó)
  • Avenida dos Imigrantes 5052 ( Popó)
  • Avenida Alberto Diniz nº 555
  • Avenida Alberto Diniz nº 1111
  • Avenida Lindóia nº 591 (Proximidades do Petiscos & Cia)
  • Rua João Franco 570

Além disso, conforme o edital, serão implantados mais radares nos seguintes ponto novos:

  • Avenida Tancredo de Almeida Neves (Norte/Sul)  (Antes do acesso ao Santo Agostinho)
  • Avenida Alziro de Oliveira 1260
  • Rua Felício Helito, 75 (Norte/Sul nas proximidades do Posto de Monta)
  • Rinzo Aoki x Alameda XV de Dezembro

Além de aumentar os radares a Prefeitura deve aumentar igualmente as lombadas eletrônicas. Antes havia apenas duas vias com lombadas eletrônica:  Avenida José Gomes da Rocha Leal e Avenida Marrey Júnior. Agora a previsão é de que 10 vias recebam os equipamentos.

Confira todos os pontos que terão lombada eletrônica
  • Avenida Dr José Adriano Marrey Jr. (Ponto antigo)
  • Avenida José Gomes da Rocha Leal. (Ponto antigo)
  • Praça do Matadouro (Antes havia radar de velocidade no semáforo agora está previsto radar e lombada)
  • Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco
  • Alameda XV de Dezembro
  • Rua Santa Cruz
  • Estrada Mauro de Próspero
  • Avenida Pascoalino Cataldo
  • Rua João Franco
  • Avenida Minas Gerais
Fiscalização em Semáforos

Além disso, também foram mantidos os radares de velocidade nos semáforos nos seguintes pontos:

  • Avenida José G. Rocha Leal x Rua Dr. Tosta
  • Avenida Juscelino K. Oliveira x Praça Jacinto Osório em frente à escola
  • Avenida dos Imigrantes, altura do 6.613

Nestes locais importante lembrar que além do controle de velocidade também são fiscalizados avanço de sinal vermelho e parada na faixa de pedestre.

Por falar nisto, aliás,  devem ser religados também pontos de fiscalização de avanço de sinal vermelho e faixa de pedestre nos seguintes pontos:

  • Avenida Tancredo de Almeida Neves x Rua Mauro de Próspero
  • Avenida Antonio P. Pimentel x Rua da Liberdade
  • Avenida Antonio P. Pimentel x Rua Profº Luiz Nardy
  • Avenida Minas Gerais x Avenida Lindóia
  • Avenida Dr. José Adriano Marrey Junior x Alameda XV de Dezembro
  • Rua Doutor Freitas x Rua dos Tamoios
  • Avenida José Gomes da Rocha Leal x Travessa Riachuelo
  • Alameda XV de Dezembro x Avenida Francisco Samuel Lucchesi Filho
  • Rua João Franco x Rua Padre João Pastrana
  • Rua João Franco x Rua Gentil Franco
  • Rua Dr. Cândido Rodrigues x Rua Dr. Antonio da Cruz (Bradesco)

Os oito primeiros pontos de fiscalização, por exemplo, foram implantados ainda na administração de João Afonso Sólis (Jango) e os últimos três na gestão de Fernão Dias.

Vale lembrar que no cruzamento da Avenida Tancredo de Almeida Neves x Rua Mauro de Próspero na administração de João Afonso Sólis (Jango) havia fiscalização de velocidade no local, mas na administração de Fernão Dias a mesma já tinha sido desligada.

Quando entram em operação os radares?

Apesar do edital prever estes pontos, em nota divulgada na manhã de hoje, 3, a administração sinalizou que pode fazer um remanejamento dos pontos. O número maior de equipamentos será mantido.

“Os equipamentos serão instalados em locais estratégicos, considerando o mapa de acidentes, com remanejamento dos antigos locais e, nos próximos dias, serão definidos os locais onde serão instalados”, diz a nota.

A reportagem questionou a Prefeitura se será realizada alguma campanha educativa antes da implantação dos equipamentos mas não obteve retorno até o fechamento. Também não foi divulgado prazo para que equipamentos estejam ligados.

Deixe uma resposta