Enfim, as convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações estão liberadas a partir de amanhã, dia 20 de julho e podem acontecer até o dia 5 de agosto.

Nas eleições anteriores, as convenções aconteciam entre 10 e 30 de junho e esta prorrogação do prazo fez com que  as expectativas sobre quem serão os candidatos ou candidatas a prefeito ou prefeita também se estendesse.

Apesar de diversos nomes terem sido lançados, até o momento, as candidaturas e coligações são bem incertas em Bragança Paulista.

Por enquanto apenas o grupo Chedid tornou púbica a data da convenção.

A escolha dos candidatos a prefeito, vice e vereadores do grupo, deverá acontecer no domingo, dia 24, na  Morada das Pedras, a partir das 14h

A grande expectativa é se o grupo lançará mesmo o nome de Jesus Chedid para a disputa do cargo de prefeito, já que existem segundo seus opositores dúvidas jurídicas quanto a uma possível inexigibilidade do mesmo, ou se o grupo irá escolher outro nome.

Em 2008, ele foi candidato e abandonou a campanha pouco antes do pleito. Este foi um dos motivos, que fez com que João Afonso Sólis (Jango) revertesse a rejeição que tinha e conseguisse se reeleger.

Em 2012, Chedid não foi candidato e lançou Renato Frangini, que perdeu a eleição por apenas 21 votos.

Com isto, o grupo esta fora do poder em Bragança Paulista, desde outubro de 2005, quando Jesus Chedid foi afastado do cargo, após ser cassado pela Justiça por causa de propaganda irregular em período eleitoral.

Após as convenções, os pedidos de registro de candidatos devem ser apresentados pelos partidos políticos e coligações ao respectivo cartório eleitoral até as 19h do dia 15 de agosto de 2016. sendo que a campanha eleitoral em si acontece então a partir do dia 16 de agosto.

No rádio e na TV os programas eleitorais acontecem a partir do dia 26 de agosto.