COVID-19: Aumenta o número de óbitos na faixa de 60 a 69 anos em Bragança Paulista em 2021 comparado com as mortes de 2020.

Com 38 dias, 2021 já registrou oficialmente 27 óbitos para COVID-19 em Bragança Paulista, sendo 23 em janeiro, recorde de mortes em um único mês desde o início da pandemia e mais 4 em fevereiro.

O Em Pauta realizou um levantamento, para saber a faixa etária das pessoas que tem falecido na cidade. E constatou que se comparado a média de 2020, houve um aumento de óbitos na faixa de 60 a 69 anos e uma queda na faixa de 80 anos ou mais. As demais faixas etárias, permanecem estáveis.

No último gráfico de monitoramento dos casos do novo coronavírus divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, em 2020, os óbitos por COVID-19 se dividiram da seguinte forma, por faixa etária:

  • 0 a 59 anos: 17%
  • 60 a 69 anos: 23%
  • 70 a 79 anos: 35%
  • 80 anos ou mais: 25%

Já em 2021, até o momento os índices são:

  • 0 a 59 anos: 18%
  • 60 a 69 anos: 33%
  • 70 a 79 anos: 33%
  • 80 anos ou mais: 14%

Das 27 mortes registradas neste ano, 5 foram de pessoas até 59 anos, sendo que houve uma morte de um jovem de apenas 24 anos e outras duas de homens de 46 e 47 anos. 9 foram de pessoas com 60 a 69 anos. Outras 9, de pacientes internados com 70 a 79 anos. E 4, de idosos com mais de 80 anos.

Ao todo são 129 mortes confirmadas em Bragança Paulista, desde o início da pandemia. Das 129 vítimas fatais da COVID-19, 65 pacientes que vieram a óbito eram homens, bem como 64 eram mulheres.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação  é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Já para conferir a lista de pessoas vacinadas no município acesse: https://bragancaempauta.com.br/confira-aqui-lista-atualizada-de-vacinados-em-braganca-contra-covid-19/

Quer receber nossas notícias no celular?
É só clicar aqui: WhatsApp do Jornal Em Pauta

 

Deixe uma resposta