prótese com mangá
O nadador Daniel Dias está contando os meses e dias para as Paralimpíadas de Tóquio 2020. E a empresa Ottobock, fornecedora da prótese de Daniel Dias, faz parceria com artista Michel Borges para homenagear o atleta paralímpico.
Na segunda-feira, 13, o medalhista Daniel Dias recebeu um incentivo  mais que especial para a competição. Recebeu uma prótese temática das Paralimpíadas de 2020.
Como o país que sediará o evento esportivo é o Japão, Daniel Dias terá em seu novo encaixe uma ilustração que remete à cultura japonesa. A sua caricatura em mangá foi pintada na peça junto com a famosa “Grande Onda de Kanagawa”.
“Tenho uma relação muito particular com a minha prótese. Ela faz parte de mim literalmente. E como é bom cuidar da gente, né? Agradeço a Ottobock pela parceria em poder me agraciar com uma prótese tão bonita, bacana e confortável, esta tecnologia faz muita diferença na minha qualidade de vida. Estou lisonjeado com o carinho que tiveram com a estampa do encaixe. Quer mais apoio para as Paralimpíadas de Tóquio do que esse? Já estou mais do que no clima! Parabéns ao artista Michel Borges pelo lindo desenho, adorei a minha versão mangá, fiquei bonito e jovem, rs.”, declara Daniel Dias. 
Arte Japonesa inspirou ilustração da prótese
O encaixe da prótese de Daniel Dias, ou seja, parte que acomoda o membro residual e dá um melhor controle na prótese – recebeu ilustrações de Michel Borges. Segundo o artista, ele se inspirou no país que sediará o evento para criar a arte, ou seja, o Japão.
“Foi muito bacana receber o convite, pois não é todo dia que a gente pode participar como artista em um projeto como esse. Gosto muito de sair do básico, e fazer uma intervenção artística na prótese de um atleta paralímpico como o Daniel foi algo muito novo pra mim. Minha proposta para a arte foi me inspirar na modalidade do Daniel e fui buscar uma obra de arte do século 19 japonesa, uma obra bem conhecida, que se chama a Grande Onda de Kanagawa. Bem tradicional e icônica. A olimpíada vai ser no Japão, e a arte também traz as batalhas e a lutas que todo atleta enfrente. Daniel, no entanto,  enfrenta desafios diferentes”, conta Borges. 
 
Últimas competições

Nos dias 10 e 11, o atleta Daniel Dias participou da 1ª Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa. A competição, aliás, foi disputada  no Centro de Treinamento Paralímpico em São Paulo:

Esta foi a segunda competição dele na temporada 2019. As Fases Nacionais do Circuito Loterias Caixa reúnem os melhores atletas brasileiros.
Daniel teve sua vaga garantida neste evento devido a sua performance em 2018. Como estava no Top 50 garantiu acesso direto. Os demais atletas, no entanto, tiveram que alcançar os índices técnicos mínimos nas Fases Regionais disputadas no primeiro trimestre do ano.
Daniel Dias – Circuito Brasil Loterias Caixa – Foto: Ale Cabral/CPB

Daniel participou de três provas. Medalhou em todas provas individuais por sua classe e colaborou com o revezamento de sua equipe, o Instituto Daniel Dias. Ele conquistou o ouro tanto nos 50 m como nos 100 m livre: classe S5. Além disso ficou em 4º lugar no revezamento 4 x 50 m livre com o  Instituto Daniel Dias. A equipe aliás,  ficou em quarto lugar no quadro geral de clubes.

“Nadei duas provas, os 50m e 100m livre mantendo o alto nível planejado com dois ouros. Certo de que o trabalho está no caminho certo rumo ao Parapan e Mundial! Primeiramente obrigado a Deus”, disse Daniel Dias.