Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceram o roubo ocorrido no dia 11 de abril na loja Americanas do Bragança Garden Shopping.

Na época, sem chamar atenção os ladrões entraram na loja, anunciaram o assalto e roubaram 96 tablets e 59 celulares, fugindo na sequência, como se nada tivesse acontecido.

Segundo o delegado José Glauco Silveira Lobo Ferreira, no mesmo dia do crime, a Polícia Civil de Bragança Paulista passou a investigar o caso e na oportunidade, com auxílio das imagens gravadas por câmeras de segurança, conseguiram identificar que um Ka, preto, tinha sido usado pelos assaltante no roubo.

Os policiais descobriram então, que o carro pertencia a uma locadora de automóveis, em São Paulo e que os ladrões tinham usado documentos falsos para alugá-los, porém algumas das informações eram verdadeiras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Com isto, segundo o delgado Glauco Ferreira, os policiais chegaram a conclusão, que os assaltantes eram da região da Zona Leste de São Paulo e deram continuidade às investigações.

Com auxílio das imagens do Complexo Integrado de Segurança, Emergência e Mobilidade – CISEM, os policiais conseguiram identificar mais um veículo que teria usado pelos bandidos no dia do crime, para fuga para São Paulo, e identificaram três suspeitos.

Na quarta-feira, 8, munidos de mandados judiciais, os policiais civis de Bragança Paulista se dirigiram até São Paulo e detiveram um homem de 29 anos, identificado como Felipe Roberto dos Santos Gomes, de 29 anos.  Ele confessou o crime foi preso.

O rapaz disse para polícia onde tinha abandonado o Ka alugado e os policiais apreenderam o veículo estacionado no centro da cidade. O carro ficou abandonado quase um mês e estava até empoeirado.

O caso continua sendo investigado com o objetivo de deter os outros integrantes da quadrilha.

 

 

Deixe uma resposta