Derrotado por 6 votos nas urnas, Sidiney Guedes é nomeado na Prefeitura

Foto: Arquivo

A edição da Imprensa Oficial desta quarta-feira, 20, traz a nomeação para cargo de comissão do ex-vereador do Grupo Chedid, Sidiney Donizetti Guedes.

Sidiney Guedes foi derrotado na Eleição de novembro de 2020, ao receber 520 votos pelo partido Patriota. Seu partido conseguiu eleger dois vereadores. Missionária Pokaia, com 627 votos e Eduardo Simões, com 526, ou seja, seis votos a mais do que Guedes.

Caso tivesse mais seis votos, Sidiney estaria hoje na Câmara Municipal porque é mais velho que Simões. Ele, que é servidor de carreira da Prefeitura, foi nomeado para o cargo de comissão de Zelador Chefe de Serviços da Regional Centro-Leste, referência C9. Isto quer dizer que seu salário bruto aproximado será de cerca de R$ 4.500,00.

Além de Sidiney Guedes, o prefeito Jesus Chedid pode nomear outros cinco Zeladores Regionais. De acordo com o Decreto n° 3.028, de 20 de agosto de 2019, foram criados os cargos de Zelador Chefe de Serviços da Regional Sul, Regional Norte, Regional Centro-Leste, Regional Oeste, Rural 1 e Rural 2.

Somados os salários de todos os Zeladores Regionais, o munícipio pode ter o gasto aproximado de mais de R$ 320.000,00 por ano com estes cargos, sem contar férias e 13° salário.

Em consulta ao Portal da Transparência, o Em Pauta constatou que ao menos quatro dois seis cargos estariam ocupados, de acordo com as folhas do Recursos Humanos nos meses finais de 2020. Um dos nomeados, em fevereiro do ano passado, foi o ex-assessor do deputado estadual Edmir Chedid, Adriano Cesar Caetano, que foi funcionário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, entre 2007 a 2019.

A nomeação do ex-vereador Guedes é datada de 19 de janeiro de 2021.

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta