presos acusados de ameaçar matar

Mais dois casos de violência doméstica foram registrados em Bragança Paulista e dois homens foram presos acusados de ameaçar matar as mulheres a facadas.

O primeiro caso aconteceu por volta de 22h30 de sábado, 15.

Conforme o apurado pelo Em Pauta, a Polícia Militar se dirigiram até a Rua Euclides Lopes Terron, no Parque dos Estados, para atender ocorrência de violência doméstica.

Quando se aproximavam do endereço, os policiais avistaram uma mulher na estrada, que acenou para a viatura. Ela disse aos policiais que constantemente é ameaçada de morte pelo companheiro. Relatou ainda que naquele dia ele  chegou em casa drogado e teve um ataque de ciúmes.

A mulher relatou à polícia que o homem pegou uma faca e disse que iria matá-la.  Ela então conseguiu sair de casa e ficar esperando do lado de fora.

Os policiais foram até a casa e encontraram o acusado ainda agressivo e fora de si. O homem, de 40 anos, foi detido e conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil. Lá ele foi autuado em flagrante por ameaça – violência doméstica – e posteriormente apresentado em audiência e custódia.

Violência doméstica na Planejada

O segundo caso de violência doméstica aconteceu na tarde de domingo, 16, na Rua Gilberto Venturini, no Bairro Cidade Planejada II.

Guardas Municipais que atenderam a ocorrência apuraram que durante a madrugada a vítima, teve uma discussão com seu marido, um homem de 38 anos e que após a discussão ele deixou a residência. De madrugada, ela chegou a acionar a Polícia Militar, mas o homem saiu de casa e não voltou.

Por volta de 13h30, no entanto, ele voltou agressivo e começou a xingar a vítima. Foi então que ele se armou de uma faca e a ameaçou de morte. Em seguida, ele deixou a residência.

Os guardas foram acionados e detiveram o acusado, que estava acompanhado do filho de 18 anos, que tinha saído a procura do pai, para defender a mãe. O acusado ainda tentou resistir à ação. Os guardas apuraram então que ele estava embriagado e alterado e ao ser questionado sobre os fatos, só dizia que tinha sido traído.

O homem foi levado para o Plantão Central da Polícia Civil, autuado em flagrante por injúria e ameaça- violência doméstica. Posteriormente ele foi apresentado em audiência de custódia.

Se você quiser ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista e região, aliás, é fácil. Acesse nossa aba especial no site, ou nossa página de noticias policias no face:

https://bragancaempauta.com.br/category/policia/
https://www.facebook.com/policiaempauta

Deixe uma resposta