Após suspender a licitação para análise dos documentos, a Prefeitura reabriu e concluiu a Concorrência Pública nº 01/2018  que tem como objetivo a  a realização da 53ª Exposição Agropecuária e a 26ª Festa do Peão de Boiadeiro de Bragança Paulista.

A empresa que apresentou a maior proposta foi a Gui Moron Eventos Eirelli, que ofereceu à Prefeitura R$ 280 mil para realização do evento entre os dias 6 e 15 de abril no Parque de Exposições Dr. Fernando Costa (Posto de Monta).

A oferta minima esperada era de R$ 223.617,22.

O valor ofertado pela Gui Moron é 45%  menor do que o valor ofertado pelo grupo HJR ano passado. Em 2017, o grupo pagou R$ 516 mil para a Prefeitura para poder organizar a Festa do Peão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Além da empresa Gui Moron participaram da licitação as empresas: Bandeira Eventos e Participações Eirelli-ME, Águia Negócios e Participações Ltda. – ME, Samor Produções Artísticas S/S Ltda., Selt – Serviços, Estruturas, Locações Temporárias Eirelli-EPP, e R. Sandoval de Faria & Cia Ltda. – ME.

Os membros da Comissão Permanente de Licitações julgaram pela habilitação de todas as empresas participantes, não houve interposição de recursos e o processo seguiu para a abertura dos envelopes com as propostas.

As outras empresas ofertaram os seguintes valores

  •  ÁGUIA NEGÓCIOS E PARTICIPAÇÕES LTDA – ME – R$ 223.617,22
  • SAMOR PROMOÇÕES ARTÍSTICAS S/S LTDA – R$ 225.900,00
  • SELT SERVIÇOS ESTRUTURAS LOCAÇÕES TEMPORÁRIAS EIRELI – EPP – R$ 260.000,00
  • R. SANDOVAL DE FARIA & CIA LTDA- ME – R$ 234.800,00
  • BANDEIRA EVENTOS E PARTICIPAÇÕES EIRELI – ME – R$ 123.000,00

A empresa Bandeia Eventos foi desclassificada por que não ofertou o mínimo estipulada em edital.

Os licitantes desistiram da interposição de recursos quanto a proposta comercial e com isto, em breve o processo deverá ser homologado e a Prefeitura seguirá com a assinatura do contrato com a empresa vencedora Gui Moron, também conhecida como Viva Entretenimento.

A Festa do Peão de Bragança Paulista acontecerá de 6 a 15 de abril, sendo que haverá dois dias sem cobrança de ingressos que são os dias 11 e 12 de abril.

Conforme o edital, a empresa deverá pagar  pelo menos, 50% do valor ofertado para que o contrato possa ser assinado e o valor restante deverá ser pago até um dia antes do início da festa.

Além do pagamento de 280 mil  será de responsabilidade da empresa vencedora o pagamento para três entidades beneficentes deste Município, em até 30  dias depois da festa, da quantia de R$ 20 mil para cada entidade, que será indicada pela Prefeitura, totalizando um gasto de R$ 340 mil.

 

Deixe uma resposta