Polícia

Um homem de 39 anos foi preso no sábado, 24, em Bragança Paulista, acusado de descumpri uma medida protetiva de 2016.  Este caso de desrespeito á Lei Maria da Penha foi mais um atendido pela Guarda Civil Municipal.

Tudo aconteceu, conforme o apurado pelo Bragança Em Pauta, no Recanto Elizabeth. Os guardas foram solicitados a  atender ocorrência de violência doméstica e quando lá chegaram descobriram que o homem de 39 anos tinha  ameaçado e ofendido a vítima com diversos palavrões.

A vítima relatou aos guardas que tinha desde março de 2016, medida protetiva contra o ex-marido.

Diante dos fatos, o homem foi  conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil.

Conforme o apurado pelo Bragança em Pauta, ele foi autuado em flagrante por ameaça.  Também foi autuado por injúria e descumprimento de medida protetiva – violência doméstica. Posteriormente ele foi  apresentado em audiência de custódia.

Deixe uma resposta