O prefeito Jesus Chedid assinou na segunda-feira, 9, o aumento no subsídio dos secretários municipais de Bragança Paulista.

A medida foi publicada na edição desta quarta-feira, 11, do Imprensa Oficial.

O reajuste de 17% foi aprovado na semana passada na Câmara Municipal, depois de muita polêmica, já que a proposta inicial era de um aumento de 32%.

Por lei, os aumentos devem ser propostos pela Mesa Diretora da Câmara Municipal, que é composta atualmente pela vereadora Beth Chedid e vereadores Natanael Ananias e Sidiney Guedes.

No dia 26 de novembro, no final da sessão eles pediram urgência na votação. Mas a urgência foi rejeitada já que o vereador José Gabriel da base do Governo Chedid havia deixado a sessão antes do término.

Com isto a expectativa era de que o projeto fosse analisado no início de 2020.

Porém, uma semana depois, na terça-feira, 3, durante a última sessão do ano, uma sessão extraordinária foi convocada.

Como durante a semana o pedido de 32% de aumento gerou polêmica e houve muita repercussão negativa nas redes sociais os vereadores apresentaram então uma emenda ao projeto para diminuir o valor do reajuste para 17%.

Com a assinatura do prefeito Jesus Chedid, a partir de 2021, portanto, o subsídio mensal dos secretários municipais, será de R$ 14.062,92.

Nas redes sociais a população chegou a pedir que o prefeito não sancionasse a lei, mas ele assinou concordando com o reajuste.

Após a polêmica vereadores da base de Jesus Chedid, tem ressaltado que o aumento é menor do que o concedido nas gestões anteriores. De fato, os 17% realmente são, porém vale lembrar que inicialmente eles solicitavam 32% de aumento.

Na Câmara Municipal foram favoráveis ao projeto os vereadores: Sidiney Guedes, Natanael Ananias, Bugalu, Claudio Moreno, Ditinho Bueno do Asilo, Fabiana Alessandri, José Gabriel, Marcolino, Mario B. Silva, Paulo Mário, Rita Leme e Tião do Fórum. Beth Chedid não votou por ser presidente, mas subiu na Tribuna para dizer que é favorável.

Os que votarão não foram: Basilio Zecchini, Dr. Claudio, João Carlos Carvalho, Quique Brown, Marcus Valle e Moufid Doher.

Foto: Arquivo/Divulgação Prefeitura.

Deixe uma resposta