Anavilhanas

O Bragança Em Pauta quer ajudar você escolher o melhor destino para a sua próxima viagem e vem publicando uma séria de dicas para destinos especiais. Com a chegada das Férias de Verão muita gente, pensa em ir para o Nordeste, Rio de Janeiro. Outros optam por curtir as praias do litoral paulista, por exemplo. Se você. no entanto, quer fugir do tradicional, o especialista em viagens Cláudio Lutzkat, da agência de viagens, Antaris Travel, tem uma dica incrível.  Que tal uma viagem para a Amazônia?  Já pensou conhecer o Rio Negro e o arquipélago de Anavilhanas ?

Arquipélago de Anavilhanas

Cláudio Lutzat ressalta que o Arquipélago de Anavilhanas é um dos maiores conjuntos de ilhas fluviais do mundo.  Ele fica no Rio Negro, na Amazônia, entre Manaus e o município de Novo Airão.

“São mais de 400 ilhas que formam um ecossistema super rico. O destaque é a presença dos botos cor de rosa que, aliás,  pulam por todos os cantos” afirma Cláudio Lutzkata. O especialista ressalta ainda que o local é um paraíso principalmente para quem gosta de natureza e fotografia.

AnavilhanasRoteiro de viagem perfeito Anavilhanas​

O especialista recomenda diversos passeios na ilha como, por exemplo, um passeio de canoagem pelos Igapós e Igarapés. “O passeio é feito em canoas caboclas de madeira para até 2 pessoas. O hóspede remará por entre árvores e rios.  Você desfrutará de sons e da paisagem que se abre a cada curva e também da água que inunda a mata” afirma.

Outra dica da Antaris Travel é o passeio noturno pelo Arquipélago de Anavilhanas. “O turista tem uma sensação única de viver a floresta durante a noite, iluminados pelas estrelas, explorando igapós à procura de preguiças, pássaros, cobras e jacarés. Tudo isto, imersos nos sons da escuridão”, ressalta.

O local conta também com trilhas na mata de terra firme. “A trilha é liderada por guias locais experientes. O hóspede explora a floresta de terra firme. Aprende sobre árvores, frutas e frutos silvestres. Ele também recebe orientações de sobrevivência e ervas medicinais”, acrescenta.

Botos Cor-de-Rosa

Cláudio Lutzkat destaca que um dos pontos altos do tour pelo arquipélago de Anavilhanas é a procura pelos botos cor-de-rosa. “São inúmeros canais, lagos e ilhas para explorar em um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo, a procura de Botos Cor-de-Rosa e Tucuxi”, diz.

Em Anavilhanas também é possível praticar a Pescaria Recreativa de Piranhas e realizar a Trilha na Mata de Igapó.

Vale lembrar que entre setembro e dezembro, a água fica mais quente. Nesta época, aliás, os peixes ficam mais concentrados no Parque Nacional, onde não é permitida a pesca nesse período específico.

Neste mesmo período, no entanto, é possível caminhar pelas ilhas do Arquipélago de Anavilhanas. Nos passeios é possível conhecer de perto as diferenças de fauna e flora. Também é possível, além disso, conhecer as diferenças da mata firme e da mata de igapó, características da Floresta Amazônica.

Cláudio Lutzkat ressalta que a variação cíclica do nível da água pode oscilar em até 10 metros entre os períodos de vazante e enchente. No período de cheia vai de outubro à março e de seca vai de abril à setembro. No período de seca, a descida das águas revela inúmeras praias de areias brancas e interessantes formações naturais de raízes e troncos.

Unidade de conservação Anavilhanas

O arquipélago está inserido no interior de uma unidade de conservação federal que mudou recentemente da categoria de Estação Ecológica para Parque Nacional, incorporando a questão do uso público em seu plano de manejo.

O Parque Nacional de Anavilhanas, localiza-se no rio Negro cerca de 40 km acima da cidade de Manaus. O parque é administrado pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), com sede no município de Novo Airão.

O passeio também conta com City tour em Manaus, o que certamente enriquece e muito a viagem. Durante a visita o turista pode conhecer o  Teatro Amazonas e o Museu do Índio. Além disso, outros pontos de visita são: o Palácio Rio Negro, o Mercado da Banana, bem como o Mercado do Peixe. O Porto de Manaus e a Ponte Alto Rio Negro também estão na lista de pontos turísticos visitados.

​É claro, que a viagem, conta com paradas para almoço em restaurantes de comida típica e passeio no Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões.

​Se você quiser saber mais sobre o roteiro ou fazer uma cotação basta acessar o site da Antaris Travel: https://www.antaristravel.com.br/anavilhanas

Se você já tem em mente um destino e quer saber mais sobre ele, mande um e-mail que Cláudio Lutzkat, certamente vai te ajudar ([email protected])

 

Deixe uma resposta