No início da noite desta terça-feira, 6, a Guarda Civil de Atibaia recebeu informações de que um homem conhecido como”Alê” estaria guardando uma grande quantidade de entorpecentes em um terreno em frente a sua residência, no Jardim Imperial.

Imediatamente, os guardas entraram em contato com a Polícia Civil que enviou uma viatura descaracterizada para o local. Foi então que os policiais confirmaram que o rapaz realmente entrava no local, pegava algo e entregava para outra pessoa.



Os policiais pediram então reforço do Canil da Guarda Municipal de Atibaia  e o homem foi abordado.  Com ele não havia nada de ilícito.

O rapaz permitiu então que os guardas entrassem em sua residência e lá também nada foi encontrado.

Ao ser questionado sobre o terreno, o mesmo disse que era do pai dele e que não teria a chave do cadeado do portão.

Sua companheira, entretanto,  forneceu a chave do cadeado e foi então que os guardas localizaram no local 15 kg de drogas, com apoio do cachorro do Canil da Guarda de Atibaia.

O homem  confessou que era proprietário dos 15 kg de maconha e que seus pais desconheciam que ele mantinha a droga no local.

Diante dos fatos, o homem foi conduzido à Delegacia de Polícia onde o caso teve registro, ficando o acusado de tráfico a disposição da Justiça.