O grupo de Oração Terra de Canaã, da cidade de Joanópolis, realizará na noite desta segunda-feira, 16, um terço, ou seja uma corrente de oração para o restabelecimento de Eduardo Alves,de 36 anos, comerciante, que caiu do último andar do camarote, no Posto de Monta, durante a 53ª Festa do Peão e 26ª Expoagro de Bragança Paulista, na madrugada de domingo, 15.

O terço acontece as 19h30 na igreja matriz de São João Batista, no Largo São João, em Joanópolis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A loja do comerciante Rosa Mística, não funcionou hoje. Uma nota foi divulgada pela família, que o comércio permaneceria fechado e todos estavam em oração.

Eduardo Alves continua internado em estado grave na UTI da Santa Casa.

Conforme o registrado no boletim de ocorrência ele foi socorrido por bombeiros civis e guardas municipais, após despencar de cerca de 9 metros de altura, de um camarote.

A responsável pela empresa que montou o camarote, BBR Estruturas e Eventos, Alessandra dos Santos, informou no boletim de ocorrência que ela retirou a placa do chão do camarote 299, após ter sido solicitado por seguranças, que fosse realizada a manutenção da mesma.

Com a retirada, o buraco ficou aberto e a área ficou sendo vigiada por seguranças e bombeiros civis. Não foi feito o isolamento com fitas zebradas, ou outras barreiras.

Segundo ela, cerca de 5 minutos depois da retirada da placa, o comerciante, passou pelos seguranças e caiu no buraco. A festa continuou normalmente após o grave acidente.

Havia um  total de 1500 pessoas no camarote, segundo os registros policiais, no momento do acidente.

Manifestações oficiais

A empresa Viva + Entretenimento divulgou uma nota no domingo, 15, mais de 12 horas depois do acidente.

Na nota, a empresa informou que o socorro à vitima foi feito imediatamente e que uma pessoa foi designada para “para prestar todo o suporte necessário e inclusive transferiu imediatamente a vitima para o atendimento particular.”

A empresa Viva + Entretenimento, responsável pela festa, ainda lamentou o ocorrido e informou que está acompanhando o caso de perto e dando todo o suporte necessário para a vitima e seus familiares.

Já a Prefeitura de Bragança Paulista optou por fazer uma manifestação oficial, cerca de 30 horas depois do acidente, ou seja, somente depois do último dia da Festa do Peão, que terminou no domingo, 15.

Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura lamenta profundamente o ocorrido e segue acompanhando o estado de saúde da vítima. Em paralelo, notificou a empresa contratada para que preste todos os esclarecimentos sobre os fatos que envolveram o acidente e cumpra todos os itens estabelecidos no edital quanto a sua responsabilidade.”

Esta não é a primeira vez que uma pessoa despenca de um camarote na Festa do Peão. Ano passado, um homem também caiu. 

 

Deixe uma resposta