Guarda Municipal e marido são presos por embriaguez, desacato e resistência

Mais uma ocorrência envolvendo um membro da Guarda Civil Municipal foi registrada em Bragança Paulista. Desta vez, a Guarda Municipal Alessandra Cristina Torelli foi presa junto com o marido, Tiago Márcio Sanches Fabiano. A prisão aconteceu na manhã deste sábado, 1, por volta das 8h.

Recentemente outras duas ocorrências envolvendo guardas municipais foram registradas na cidade, um homicídio e um caso de violência doméstica.

Conforme o registrado no Plantão Central da Polícia Civil, guardas municipais foram acionados para comparecer até a Rua Voluntário Valter Scaglione, no Jardim das Laranjeiras, porque havia no local um veículo Corsa, conduzindo por um homem, dando cavalos de pau e subindo pela calçada.

Ainda sem saber que a colega de farda estava no veículo, os guardas imediatamente se deslocaram até o local.

Foi então que abordaram o motorista e sua acompanhante.

Conforme o registrado na Polícia Civil Alessandra e o marido estavam bem alterados e agressivos com visíveis sinais de embriaguez como fala pastosa, olhos avermelhados, andar cambaleante e forte odor etílico.

A guarda municipal começou então a dizer que ela quer quem estava na condução do veículo. E descontrolado ainda teria dado um tapa no peito de colega de farda, chamando-o de lixo e “novato de bosta”.

Enquanto isto, segundo o boletim de ocorrência, o marido também ofendeu os guardas e ao saber que seu veículo seria guinchado, acabou dando um tapa no rosto de um GCM.  De acordo com o boletim de ocorrência, ambos caíram no chão e entraram então em luta corporal;

Diante dos fatos, o casal foi conduzido ao Plantão Central.  Alessandra continuou alegando que ela era a condutora do veículo e ao saber que seria presa começou a dar cabeçadas na parede.

Durante o registro da ocorrência, os policiais civis descobriram então que há cerca de uma semana o rapaz teve problemas com a Polícia Militar.

O casal foi ouvido e negou os fatos. O carro foi apreendido e nele foram encontradas, segundo os registros policiais, várias latas de cerveja.

Além disso, o guincheiro de plantão ao fazer a revista para levar o veículo, acabou encontrando embaixo do banco traseiro uma porção de cocaína. As latas de cerveja e a porção da droga foram apreendidos.

Os acusados foram autuados em flagrante por desacato, embriaguez e resistência e devem ser apresentados em audiência de custódia. Também devem responder por porte de entorpecente e a guarda municipal por auto acusação falsa.

Se você quiser ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista e região, aliás, é fácil. Acesse nossa aba especial no site, ou nossa página de noticias policias no face:

 

Deixe uma resposta