Guarda Municipal é preso acusado de agredir a ex-mulher

O guarda municipal Felipe Rocha Lisa, foi preso na manhã deste sábado, 11, em Bragança Paulista, acusado de agredir a ex-mulher.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta a ocorrência de violência doméstica aconteceu por volta das 8h45, no Jardim Europa.

A própria Guarda Municipal foi quem atendeu a ocorrência e conduziu o acusado para a delegacia. De acordo com os registros policiais, uma testemunha ouviu gritos de socorro. Foi então que ao sair na rua viu uma mulher com o rosto e a roupa cheios de sangue.

Imediatante ela ofereceu ajuda para vítima, falando para a mesma entrasse em sua residência. O guarda municipal foi atrás e continuou a agressão. Ele teria então dado mais três socos no rosto da ex-mulher.

A testemunha, com ajuda do marido, ainda tentou separar a briga, mas o guarda segundo os registros policiais estaria transtornado e continuou a agressão.

Ele só parou quando percebeu que seu pai estava no local passando mal por ver aquela situação.

As guardas municipais que atenderam a ocorrência acionaram o SAMU que levou a vítima para a Santa Casa. Elas também deram voz de prisão ao colega de farda.

O GCM Lisa foi autuado em flagrante por violência doméstica e lesão corporal. O delegado de plantão arbitrou uma fiança de R$ 10 mil que não foi paga. O acusado foi então encaminhado para audiência de custódia.

Se você quiser ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista e região, aliás, é fácil. Acesse nossa aba especial no site, ou nossa página de noticias policias no face:

 

 

Deixe uma resposta