Homem com simulacro de arma é agredido em bar

Um homem foi agredido na noite de quarta-feira, 24, em um bar na Rua José Hermenegildo Pereira Guimarães, na Vila Mota, em Bragança Paulista. Ele continua internado no Hospital Universitário São Francisco. Conforme relatos de familiares nas redes sociais, Lucas Bueno, de 26 anos, está internado em estado grave, mas neste momento seu estado é estável.

A Polícia Militar esteve no local. Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, a polícia foi acionada com a informação de que um rapaz estaria armado dentro da União Casa do Norte e que ele estava ameaçando as pessoas.

Quando chegaram ao local, os policiais militares encontraram Lucas Bueno caído no chão, com vários ferimentos pelo rosto.

Como a confusão começou?

O proprietário do bar disse que o rapaz estava provocando frequentadores do local e que por isto, prevendo que pudesse ocorrer uma briga, ele pediu para que Lucas fosse embora.

Lucas deixou então o bar. Alguns minutos depois, no entanto, ele voltou ao local com um simulacro de arma e passou a ameaçar os fregueses e o dono do bar.

Populares que estavam no bar decidiram então partir para cima de Lucas Bueno para desarmá-lo, pois não sabiam que era uma arma de mentira. Quando eles o desarmaram, no entanto, começaram o agredir.

O dono do bar, disse ainda à PM, que os agressores deixaram o bar na sequência.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e Lucas Bueno socorrido. O caso teve registro no Plantão Central como ameaça. A arma foi apreendida.

Nas redes sociais, a família publicou fotos do rapaz caído no chão, todo ensanguentado.

A União Casa do Norte divulgou uma nota afirmando que são contra qualquer ato de violência.

Confira a nota oficial da União Casa do Norte

“Nós da União Casa do Norte somos contra qualquer ato de violência.

Na última noite do dia 24, uma pessoa após consumir bebida alcoólica apresentava conduta que incomodava alguns clientes.

Com o avançar do horário, avisamos à todos que iríamos fechar. Porém, essa pessoa se recusou a deixar o local, mas foi convencido por 2 colegas que o acompanharam. Ao deixar o local o mesmo ameaçou a todos dizendo que “voltaria para o arrebento”

Passado alguns minutos, quando só estávamos com uma porta aberta, essa pessoa voltou com um objeto semelhante a uma arma de fogo, apontando para os frequentadores do local e também para o dono do estabelecimento, e dizia “quem vai tirar uma comigo agora?”

Um cliente conseguiu tirar o objeto das mãos do autor. Até aquele momento acreditávamos se tratar de uma arma de fogo. Na sequencia, outras pessoas o dominaram, o qual reagiu agressivamente contra tais pessoas que revidaram.

As autoridades foram acionadas e o Boletim de Ocorrência foi lavrado como ameaça.

Deixamos bem claro que o acontecido não partiu de dentro de nosso estabelecimento. E sim, a pessoa que retornou ao local com objetivo de ameaça.

Somos uma empresa que preza pelo bem estar e segurança de todos os nossos clientes.

Lamentamos profundamente o ocorrido.

Equipe União Casa do Norte”.

Para ficar sempre por dentro das notícias policiais de Bragança Paulista e região acesse: https://bragancaempauta.com.br/category/policia/

Deixe uma resposta