Mais um caso de violência doméstica foi registrado em Bragança Paulista na noite de quarta-feira, dia 7. O fato aconteceu  no Jardim Águas Claras.

De acordo com o registrado, quando os policiais chegaram  encontraram a vítima com o nariz sangrando.

A mulher disse que seu companheiro Adauto Mariano Garozi, de 24 anos, tinha a agredido com quatro socos e estava destruindo todo o apartamento do casal.

Os policiais entraram no imóvel encontrando Adauto saindo do quarto.

O rapaz passou então a desacatar  e xingar os policiais, investindo contra os mesmos.

Ele também resistiu à prisão e no trajeto para o Plantão Central, Adauto, que estava algemado com as mãos para trás, conseguiu passar as mãos para a frente e passou a desferir cabeçadas na viatura, danificando-a.

Na delegacia, o rapaz continuou violento e ameaçando os policiais e a amásia, dizendo que iria matá-la por ter chamado a polícia.

Ele foi autuado em flagrante por lesão corporal e ameaça – violência doméstica, resistência, desacato e dano ao patrimônio público e apresentado em audiência de custódia.