Uma briga terminou com duas pessoas feridas na manhã deste sábado, dia 30, no centro. O motivo da confusão seria a cobrança de uma dívida.

Tudo aconteceu na Avenida Dr. José Adriano Marrey Júnior, por volta das 8h50.

Um homem, identificado como Antonio Bezerra da Silva, de 42 anos, teria dados dois golpes de canivete contra Adriano de Souza Camargo, de 37 anos. Os golpes atingiram o pescoço e o braço de Adriano.

Após ser golpeado, Adriano teria pedido socorro em um bar ali existente.

O dono do bar, relatou à polícia, que não viu o que aconteceu, mas que assim que o rapaz pediu o pano, outras duas pessoas entraram no local, pegaram  uma banqueta do bar e um taco de bilhar  e saíram atrás de Antonio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A Guarda Civil e a Polícia Militar foram acionadas e estiveram no local.

Os dois indivíduos que agrediram Antonio não foram localizado.

A agressão ocorreu cerca de 60 metros dali, já na Rua São Paulo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) socorreu os dois envolvidos no caso.

Adriano, vítima dos golpes de canivete, foi socorrido à Santa Casa e Antonio, com ferimentos graves, ao Hospital Universitário.

Com base em uma resolução do Governo do Estado, a Polícia Militar não iria apresentar o caso na delegacia.

Diante da gravidade dos fatos, a Polícia Civil foi então até o local e apreendeu a banqueta, o canivete e o taco de bilhar quebrado.

Os policiais civis também se deslocaram até a Santa Casa onde Adriano relatou que a briga aconteceu por causa de uma dívida. Quando ele fez a cobrança, foi golpeado.

Devido a gravidades dos ferimentos, não foi possível que os policiais colhessem o depoimento de Antonio.

O caso foi registrado como lesão corporal e será investigado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta