esfaqueado ao tentar separar briga de casal

Um homem foi esfaqueado no final da noite de quinta-feira,  22, após tentar separar uma briga de casal em bar. Ele foi socorrido por amigos até a Santa Casa.  Segundo o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta o fato aconteceu Casa do Norte, na Rua José Hermenegildo Pereira Guimarães, na Vila Mota,

A vítima, que não teve o nome divulgado, se encontrava no bar quando presenciou uma discussão entre um casal. Inconformado em ver um homem agredindo a mulher, ele decidiu intervir para  cessar a agressão.

Foi então que o agressor, que ele não conhecia, lhe desferiu um golpe em suas costas com uma faca ou canivete.

Em seguida o homem ainda colocou a mulher no carro e deixou o local.

A vítima da facada permaneceu internada na Santa Casa com um corte profundo na região toraco-lombar direita.]

Policiais civis já identificaram o veículo que o agressor usou para fugir. Eles chegaram inclusive a iraté o endereço onde estava registrado, mas ninguém foi encontrado.

As investigações continuarão sendo realizadas pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Nota da Casa do Norte

Responsáveis pela Casa do Norte informaram que a briga não aconteceu no interior do estabelecimento. “O bar estava cheio e nenhum membro da equipe presenciou o ocorrido”. informaram.

Esclareceram ainda que havia policiais no interior da casa e que há no estabelecimento câmeras que registram tudo.

 

Agressão no mesmo local

Esta não é a primeira vez que uma pessoa é agredida nesta Casa do Norte. No dia 24 de abril, Lucas Bueno, de 26 anos, foi agredido no local. 

Quando os policiais chegaram ao bar, encontraram Lucas Bueno caído no chão, com vários ferimentos pelo rosto.

Na época, o proprietário do bar disse que o rapaz estava provocando frequentadores do local e que por isto, prevendo que pudesse ocorrer uma briga, ele pediu para que Lucas fosse embora.

Lucas deixou então o bar. Alguns minutos depois, no entanto, ele voltou ao local com um simulacro de arma e passou a ameaçar os fregueses e o dono do bar.

Populares que estavam no bar decidiram então partir para cima de Lucas Bueno para desarmá-lo, pois não sabiam que era uma arma de mentira. Quando eles o desarmaram, no entanto, começaram o agredir.

O dono do bar, disse ainda à PM, que os agressores deixaram o bar na sequência.

Para ficar sempre por dentro das notícias policiais de Bragança Paulista e região aliás, é fácil. Acesse:

https://bragancaempauta.com.br/category/policia/  
https://www.facebook.com/policiaempauta/

Deixe uma resposta