Luiz Alves de Oliveira, de 35 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite de domingo, dia 29.

Policiais atenderam uma desinteligência  no Jardim Santa Lúcia, mas não houve agressão.

Os policiais então orientaram o casal.

Uma hora mais tarde, os policiais foram novamente acionados pela vitima que relatou ter sido agredida com um murro no rosto, desferido pelo marido, após ela tentar acalmá-lo em razão dele ter desferido um tapa na filha, de 16 anos.

Luiz confessou ter agredido a amásia. Ele então foi conduzido ao Plantão Central, autuado em flagrante por lesão corporal dolosa – violência doméstica – e recolhido à cadeia.