Homem invade residência e tenta matar jovem a facadas

Atualizada às 19h10

Uma tentativa de homicídio foi registrada em Bragança Paulista em plena luz do dia. O caso aconteceu  na manhã deste domingo, 5, na Avenida Eusébio Savaio. Uma mulher de 20 anos, chegou a dizer que a residência tinha sido invadida por um homem que tentou matar o jovem Allan Aparecida Simões, de 23 anos, a facadas.

A polícia porém descobriu que a versão da moça era na verdade uma farsa. Ela mesmo teria esfaqueado o rapaz. A jovem acabou confessando o crime e foi presa.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, tudo começou por volta das 9h10. A Polícia Civil foi acionada pela Santa Casa porque duas pessoas tinham dado entrada no local, sendo uma com ferimentos a faca.

Imediatamente a Polícia Civil solicitou apoio da Equipe ROM (Rondas Ostensivas com Motocicletas) da Guarda Civil Municipal. Os guardas se deslocaram então à Santa Casa a fim de apurar o que tinha ocorrido.

Versão da acusada

A namorada de Allan, uma jovem de 20 anos, e uma amiga do casal, disseram que estavam na casa, quando um desconhecido quebrou o vidro da porta. O acusado entrou então na casa pela porta da cozinha.

Em seguida, segundo o relatado pelas jovens ele foi até o quarto onde estavam as vitimas. Ele  arrombou a porta do quarto e sem nada dizer, passou a atacar o jovem com facadas.

A namorada do rapaz disse que ainda tentou intervir na situação e entrou em luta corporal com o agressor. Foi por isto que ela relatou que também havia sofrido ferimentos no braço esquerdo.

Após a agressão, a garota disse que o acusado fugiu, sem nada roubar. As jovens disseram à polícia que não conheciam o autor da agressão.

Diante dos relatos delas, a Guarda Civil Municipal ainda realizou buscas nas proximidades mas nenhum suspeito foi localizado. Duas facas grandes, com marcas de sangue foram apreendidas nas proximidades da residência. As facas foram devidamente apreendidas e apresentadas no Plantão Central.

Allan sofreu ferimentos na região do abdômen e com isto não pode dar sua versão do ocorrido, permanecendo internado.

A investigação e prisão

Os policiais e guardas desconfiaram da versão da moça e sua amiga. Uma nova testemunha surgiu e relatou então que a própria jovem teria praticado o crime.  Os policiais foram então no período da tarde até uma casa noturna denominada “Cabaré”, na altura do km 102 da Rodovia Capitão Barduíno, no Bairro Arara dos Mori.

Eles abordaram a jovem e a questionaram sobre o ocorrido. Ela tentou novamente enganar os policiais mas depois acabou confessando o crime. Disse, no entanto, que teria o esfaqueado para se defender de agressões.

A mulher acusada de tentar matar o jovem a facadas foi detida e autuada em flagrante, devendo posteriormente ser apresentada em audiência de custódia.

A tentativa de homicídio deverá ser investigada pela Polícia Civil, a fim de apurar a motivação do crime.

Para ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policias de Bragança Paulista e região acesse: https://bragancaempauta.com.br/category/policia/

 

Deixe uma resposta